Início Notícias Walmart quer armazenar dados de pagamentos em blockchain

Walmart quer armazenar dados de pagamentos em blockchain

492
0
Walmart quer armazenar dados de pagamentos em blockchain

De acordo com o artigo publicado pela Coindesk, agência de notícias especializada no universo cripto, registros de patentes recentemente publicados pelo Walmart, gigante do varejo, sugerem um plano para armazenar dados de pagamentos usando a tecnologia blockchain.

As duas aplicações – publicadas na última quinta-feira, 19 de abril, pelo Escritório de Marcas e Patentes dos EUA (USPTO, na sigla em inglês) – fazem referência usando uma plataforma com blockchain para armazenar dados de pagamentos, garantindo que informações privadas não possam ser acessadas por pessoas não autorizadas. A equipe do Walmart elaborou os dois aplicativos, que foram submetidos inicialmente em 13 de outubro do ano passado.

Embora nenhum dos registros se refira explicitamente o uso de uma blockchain de permissão (que permite que apenas algumas partes operem nós), o sistema, conforme descrito, operaria efetivamente como tal. Os dois aplicativos especificam que os clientes devem poder ver seus históricos de pagamentos, mas os terceiros precisam ficar restritos a este nível de acesso.

O primeiro registro de patente, que descreve um sistema de pagamento de fornecedor, propõe a criação de uma rede capaz de conduzir transações automaticamente em nome de um cliente. Os pagamentos seriam recebidos por um ou mais fornecedores – dependendo de quais serviços são fornecidos e quem forneceu esses serviços – de acordo com o documento.

A aplicação continua:

“Em um aspecto, é fornecido um sistema de compartilhamento de pagamentos do fornecedor, que processaria automaticamente o pagamento de um valor total devido pelos produtos e serviços relacionados à obtenção e entrega dos produtos; dividindo automaticamente o pagamento entre as partes que forneciam serviços relacionados à obtenção e entrega dos produtos e criptografar o pagamento e a divisão do pagamento com uma blockchain.”

O segundo registro se concentra em sistemas de compras digitais e descreve o uso de uma blockchain para criptografar as informações de pagamento de maneira semelhante.

Como as notas de arquivamento, uma parte do “sistema de compartilhamento de pagamento do fornecedor também inclui um sistema de autenticação para itens digitalizados valiosos. Em uma modalidade exemplar, o sistema de autenticação utiliza um ou mais aspectos dos sistemas convencionais da blockchain.”

Os aplicativos gêmeos são o mais recente projeto de propriedade intelectual do Walmart. Como a CoinDesk relatou anteriormente, a empresa está buscando uma patente para um “pacote inteligente” que usaria blockchain como uma forma de codificar informações.

Além disso, o Walmart também está buscando aplicações em blockchain para fins de cadeia de fornecimento, especialmente para acompanhar as remessas de alimentos.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!