Início Notícias Vitalik Buterin critica possível hard fork na rede do Bitcoin Cash

Vitalik Buterin critica possível hard fork na rede do Bitcoin Cash

534
1
Vitalik Buterin critica possível hard fork na rede do Bitcoin Cash

São comuns alguns desacordos sobre o hard fork que deverá acontecer na rede do Bitcoin Cash (BCH) em novembro, o que poderá gerar um novo token e dividir a comunidade da criptomoeda. Entre a lista dos “insatisfeitos” com as atualizações está a nChain, importante empresa de desenvolvimento de blockchain do controverso Craig Wright (que já afirmou ser Satoshi Nakamoto), e a CoinGeek, um dos grandes pools de mineração do Bitcoin Cash, fundada pelo bilionário Calvin Ayre.

As implementações programadas pela equipe Bitcoin ABC, que coordena o desenvolvimento do Bitcoin Cash, estão propostas na versão 0.18.0 e incluem atualizações com vários recursos, incluindo o ordenamento de transações canônicas e a ativação de dois novos opcodes – OP_CHECKDATASIG e OP_CHECKDATASIGVERIFY. Os defensores da atualização argumentam que os recursos tornarão o Bitcoin Cash mais eficiente e extensível, particularmente quando trata-se de implementar uma estrutura de contrato inteligente no protocolo da criptomoeda.

Entretanto, a proposta está longe de ter apoio unânime da comunidade e, liderada por Wright, a nChain anunciou que estava lançando sua própria implementação de nó completo, apelidada de Bitcoin SV (abreviação de “Satoshi Vision”), que não incluiria esses recursos do Bitcoin ABC, reintroduziria quatro “satoshi opcodes” e aumentaria o limite de tamanho de bloco para 128MB (no BCH hoje é possível gerar blocos de 32MB). Desta forma, uma nova criptomoeda seria criada, assim como aconteceu com o próprio BCH que originou-se de um evento semelhante ocorrido no ano passado na rede do Bitcoin.

O desentendimento entre as proposta tem colocado a comunidade de criptomoedas atenta, afinal, o BCH é uma das cinco principais criptomoedas do mercado.

Até mesmo o criador do Ethereum Vitalik Buterin, que nada tem a ver com o Bitcoin Cash, disse que a comunidade BCH deve evitar qualquer tentação de se aliar com Craig Wright e deixar que ele “crie” sua própria criptomoeda que, para Buterin, deve ser chamada de Bitcoin Craig (BCC) em um clara referência à fraude que foi o Bitconnect (BCC).

“O Bitcoin Craig (BCC) pode pegar o símbolo de uma criptomoeda, agora extinta, para o qual é um sucessor apropriado”, disse Buterin o Twitter.

Na disputa entre Wright e o Bitcoin ABC, ainda não está claro quem terá o maior apoio, pois ainda não existem muitas informações se outras equipes de desenvolvimento, particularmente o Bitcoin Unlimited, pretendem ficar do lado do Bitcoin ABC ou da nChain, que afirma que sua bifurcação, Bitcoin SV, será baseado no Bitcoin ABC v0.17.2 e seu desenvolvimento será liderado pelo desenvolvedor do Bitcoin J-Cash Daniel Connolly. A empresa planeja ter a base de código do Bitcoin SV pronta para uma auditoria completa de segurança em meados de outubro.

“A nChain tem o prazer de fornecer recursos técnicos necessários para suportar o Bitcoin SV. Uma vez que o protocolo Bitcoin é totalmente restaurado e mantido, as empresas e os desenvolvedores globais podem construir, de forma confiável, aplicativos, projetos e empreendimentos robustos – da mesma forma que se baseiam de maneira confiável nos protocolos de Internet de longa duração. O futuro do Bitcoin é grandes blocos, grandes negócios e grande crescimento. O Bitcoin SV é um passo importante em direção a esse grande futuro ao promover a profissionalização do Bitcoin”, destacou o CEO da nChain, Jimmy Nguyen.