Início Notícias Venezuela converte o pagamento de pensões de aposentados para o Petro

Venezuela converte o pagamento de pensões de aposentados para o Petro

189
0
Venezuela converte o pagamento de pensões de aposentados para o Petro

A Venezuela já começou a converter os pagamentos mensais dos aposentados em sua controversa criptomoeda, o Petro.

De acordo com o Caracas Chronicles, um blog de economia e política local, o governo recentemente trocou os bolívares (a atual moeda fiduciária do país) pagos aos idosos do país e por Petros.

Normalmente, um pensionista receberia sua soma mensal em bolívares, transferiria os fundos para uma conta bancária e retiraria os fundos em uma agência bancária local, explicou o blog. No entanto, o governo aparentemente converteu os bolívares dos residentes para Petros depois de enviar os fundos.

Notavelmente, essa conversão ocorreu depois que o governo enviou pela primeira vez os pagamentos em dinheiro para as carteiras eletrônicas dos residentes, o que significa que o governo venezuelano enviou os fundos aos pensionistas, retirou-os e os substituiu por um valor equivalente em Petros.

Os usuários que conectam uma carteira Petro ao portal de pensões poderiam então retirar seus fundos, embora o blog notasse que o Petro ainda não pode ser usado. Os Petros podem então ser convertidos de volta para bolívares.

Em um tuíte, o Caracas Chronicles observou que o valor do Petro em relação ao bolívar é instável, passando de 9.000 para mais de 15.000 ao longo de algumas semanas.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou pela primeira vez que o Petro seria usado para o sistema de aposentadoria do país em agosto durante um evento televisionado.

O anúncio foi feito pela primeira vez no ano passado como parte de um esforço para “promover a soberania monetária”, embora a proposta fosse imediatamente contestada pela Assembleia Nacional (e mais tarde sancionada pelo governo dos EUA).

Enquanto a nação afirma ter levantado com sucesso centenas de milhões de dólares – potencialmente até US$5 bilhões – vendendo o token, não está claro quem investiu nele ou quanto realmente foi levantado.

Os residentes já são obrigados a comprarem passaportes usando a criptomoeda, e os sistemas salariais do país também devem começar a usar o Petro.

Mais recentemente, Maduro disse que a Venezuela venderá seu petróleo em Petro, em vez do dólar americano, para diminuir a importância do dólar no mercado de petróleo.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI