Início Notícias URGENTE! SEC analisará propostas para liberação de ETF de Bitcoin

URGENTE! SEC analisará propostas para liberação de ETF de Bitcoin

874
0

De maneira silenciosa e discreta, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) trouxe de volta o assunto da criação de um ETF de Bitcoin. Segundo o portal CCN, a comissão estuda duas propostas para a criação do fundo de índice, ambas divulgadas em um documento de 23 de março.

Os dois fundos foram propostos pela New York Stock Exchange (NYSE), a bolsa de valores de Nova York. Os dois fundos são o Shares of the ProShares Bitcoin ETF e o ProShares Short Bitcoin ETF, e ambos tiveram o pedido registrado em dezembro de 2017. O pedido, que foi aprovado pela SEC, aguardava apenas a liberação – que pode vir a qualquer momento, segundo a comissão.

Ambos fundos teriam cada um contratos futuros em Bitcoin, proporcionando aos investidores a capacidade de investir indiretamente na criptomoeda – ou apostar contra ela. A ProShares havia proposto pela primeira vez esses dois fundos em setembro – antes que a CBOE e a CME lançassem seus próprios índices – e a NYSE começou a buscar aprovação da SEC para listar esses fundos em dezembro.

“A comissão está instituindo um processo de acordo com a Seção 19 (b) (2) (B) da Lei para determinar se a mudança de regra proposta deve ser aprovada ou reprovada. A instituição de tais processos é apropriada neste momento, tendo em conta as questões jurídicas e políticas levantadas pela mudança de regra proposta”, afirma o documento.

O movimento do mercado para a liberação por parte da SEC de um ETF baseado em Bitcoin começou a ganhar força no final do ano passado e continua relevante em 2018. No mês passado, Chris Concannon, presidente da CBOE, escreveu uma carta à SEC pedindo que considerassem as propostas do ETF do Bitcoin caso a caso e não como uma classe de produto.

Ele observou que a CBOE conduziu com sucesso várias rodadas de vencimentos de futuros com Bitcoin sem incidentes, e disse também que o mercado de Bitcoin está amadurecendo rapidamente, o que pode trazer muito mais segurança e maturidade para a criação de um ETF regulamentado.

Caso a SEC realize a liberação do ETF, as negociações poderão enfim ser iniciadas pela NYSE, uma das maiores bolsas do mundo, o que certamente pode alavancar ainda mais a procura pela criptomoedas.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!