Início Notícias Testes para o próximo hard fork do Ethereum são atrasados

Testes para o próximo hard fork do Ethereum são atrasados

357
0
Testes para o próximo hard fork do Ethereum são atrasados

De acordo com o artigo publicado pela agência de notícias Coindesk, os principais desenvolvedores do Ethereum anunciaram um atraso nos planos para lançar o Constantinople, a próxima atualização do sistema do Ethereum, na rede de testes Ropsten, nesta quinta-feira, 04 de outubro.

Como explicado em um tuíte de Peter Szilagyi, líder de equipe na Fundação Ethereum, o principal motivo para o atraso é oferecer mais tempo para os clientes – os indivíduos e empresas que executam “nós” ou servidores de computador que suportam a rede Ethereum – para resolver uma vulnerabilidade encontrada em um dos cinco upgrades do Constantinople.

Além disso, o atraso também daria espaço para que os usuários do Ropsten testassem outros projetos de Ethereum – como a solução de dimensionamento fora da cadeia Raiden – para se preparar para a possível divisão de rede que poderia ocorrer como resultado da implementação do Constantinople.

Também conhecidas como “hard fork”, as atualizações que o Constantinopla engloba incluem mudanças para bloquear a emissão de recompensas, execução de código, armazenamento de dados e muito mais. Os nós ativos do testnet Ropsten precisariam implementar tais mudanças simultaneamente ou arriscar a divisão em duas blockchains separadas.

Como resultado, Lefteris Karapetsas, desenvolvedor da rede Raiden, disse aos desenvolvedores do Ethereum em um fórum público que causar uma potencial divisão da rede por um período temporário em Ropsten seria “efetivamente tornar o teste quase impossível” para seu projeto, que é “bastante próximo ao lançamento da mainnet”, em resposta à uma chamada aberta para entrada na data de adiamento.

Para evitar complicações intencionais no testnet do Ethereum, uma ideia proposta pelo desenvolvedor Alexey Akhunov como alternativa era lançar um testnet temporário separado para o Ropsten e resolver problemas óbvios no código antes da implementação para testes adicionais por usuários existentes da rede Ropsten.

A nova data de lançamento do Constantinople na Ropsten está marcada para 14 de outubro, estimada em 4,23 milhões de blocos, conforme acordado pelos desenvolvedores do núcleo e pelos usuários da testnet juntos.

E, como advertiu Szilagyi, qualquer novo atraso levaria à uma temporada ainda mais agitada para os principais desenvolvedores do Ethereum, em sua quarta conferência anual de desenvolvedores, apelidada de Devcon, programada para 30 de outubro em Praga, República Tcheca.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!