Início Notícias Tenista Caroline Wozniacki anuncia lançamento de criptomoeda

Tenista Caroline Wozniacki anuncia lançamento de criptomoeda

388
1
Tenista Caroline Wozniacki anuncia lançamento de criptomoeda

Mais um nome de peso no esporte mundial se rendeu ao mundo das criptomoedas. A tenista dinamarquesa Caroline Wozniacki, número um do mundo entre as mulheres, lançará uma criptomoeda através do Global Crypto Offering Exchange (GCOX), exchange sediada em Cingapura.

Segundo o portal CryptoGlobe, Wozniacki concordou com o acordo de liberação da criptomoeda durante sua estadia na cidade-estado. Com o anúncio, Wozniacki torna-se a primeira atleta mulher a ter uma criptomoeda. De acordo com o portal Reuters, a tenista mostrou-se “muito feliz” e espera capitalizar o acordo “antes que outras pessoas comecem a entrar nele”.

“Ser a primeira atleta feminina a ter eu próprio token é muito legal. Estou ansiosa para expandir isso antes que outras pessoas comecem a entrar no mercado”, disse Wozniacki.

Caroline Wozniacki está em Cingapura para participar do torneio de tênis WTA Finals, que é uma competição de fim de temporada para as melhores jogadoras do sexo feminino. Wozniacki venceu o torneio do ano passado e atualmente é a melhora jogadora do mundo no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (WTA), após a aposentadoria da romena Simona Halep, então líder do ranking.

Celebridades abraçam as criptomoedas

A GCOX ganhou notoriedade em todo o mundo pela construção de uma linha notável de investidores, que inclui a lenda do boxe Manny Pacquiao, o ex-jogador de futebol da Inglaterra, Michael Owen, e um membro da família real de Abu Dhabi. A empresa diz que sua missão é ajudar as “celebridades a criarem seus tokens pessoais e gerenciarem sua listagem na plataforma”.

A empresa fez manchetes depois que Pacquiao anunciou que o GCOX seria a plataforma que lançaria seu tokens, o Pac Token. As esperanças são a história de vida inspiradora do pugilista notável fará o token de criptomoeda popular entre o lançamento.

No mundo inteiro, celebridades do esporte começam a adotar os benefícios de possuir uma criptomoeda própria ou de utilizar a tecnologia blockchain. No Brasil, o maior exemplo foi do jogador Ronaldinho Gaúcho, que lançou em agosto a Ronaldinho Soccer Coin (RSC).

O jogador Didier Drogba, maior astro do futebol da Costa do Marfim, tornou-se embaixador da All.me, rede social baseada em criptomoedas, no mês de julho. E a União das Federações Europeias de Futebol (UEFA) fez testes bem sucedidos para um aplicativo de venda de ingressos baseado em blockchain.

GCOX mira para tokenizar essa popularidade

O CEO da GCOX, Jeffery Lin, disse à Reuters que o primeiro token será lançado no primeiro trimestre de 2019, mas não confirmou de qual celebridade seria o primeiro lançamento.

“Se tudo correr bem, o primeiro trimestre de 2019 será o primeiro token de celebridade e pode ser de Michael, pode ser de Manny, ainda não tenho certeza”, afirmou Lin.

De acordo com a exchange, esses tokens permitirão aos compradores obter mercadorias exclusivas, ingressos e acesso a celebridades por meio de eventos de streaming ao vivo e em shows (meet-and-greet) especiais.

Aqueles que querem comprar tokens de suas celebridades favoritas precisam primeiro comprar os tokens ACM do GCOX. Lin disse que a empresa busca vender o suficiente para levantar entre US$300 e US$600 milhões, mas não especificou quantos tokens já foram vendidos.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!