Início Notícias Telegram lança ferramenta de verificação de dados pessoais e reacende a esperança...

Telegram lança ferramenta de verificação de dados pessoais e reacende a esperança de aceitação de criptomoedas

492
0
Telegram lança ferramenta de verificação de dados pessoais e reacende a esperança de aceitação de criptomoedas

O Telegram, um dos principais aplicativos de mensagens e o preferido da comunidade de criptomoedas, anunciou a integração de uma ferramenta de identificação pessoal em sua plataforma, chamada Telegram Passport, integrada à operadora de serviços digitais ePayments que suporta transações com criptomoedas como Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC) e outros.

A ferramenta do Telegram é uma espécie de KYC único, no qual você envia os documentos requisitados e eles integram uma identidade digital que, segundo a empresa, é criptografada. Este ID único poderia então ser aceito em outras plataformas que necessitam de processos de identificação, como ICOs, plataformas financeiras, etc.

“Nossas vidas digitais estão cada vez mais próximas do mundo real e o número de serviços que precisam conhecer sua identidade real aumenta proporcionalmente. Antes de hoje, isso significava que você precisava fazer o upload do mesmo documento várias vezes para cada novo aplicativo. Agora não mais! Conheça o Telegram Passport – um método de autorização unificado para serviços que exigem identificação pessoal. Envie seus documentos uma vez e compartilhe instantaneamente seus dados com serviços que exigem identificação no mundo real (finanças, ICOs, etc)”, diz o comunicado oficial.

De acordo com a publicação, os dados de ID dos usuários serão atualmente armazenados na nuvem do Telegram, mas “no futuro, todos os dados do Telegram Passport passarão para uma nuvem descentralizada”. A empresa garante também que a criptografia empregada só permite ao usuário e ao destinatário reconhecer os dados e, desta forma, ninguém da equipe ou mesmo um ataque hacker seria capaz de obter as informações sem o consentimento dos proprietário dos dados.

O lançamento da nova aplicação do Telegram reacendeu das expectativas de integração de criptomoedas como recurso de pagamento da plataforma. Por meio da integração com o ePayments isso agora é possível, no entanto, dado que a rede social completou suas rodadas de financiamento para a plataforma TON, um token nativo do Telegram que também vai envolver uma série de recursos de blockchain, espera-se que a integração seja cada vez maior.

Lançada em 2011, a ePayments diz que fornece serviços de pagamento para mais de 500 mil freelancers e 1 mil empresas em todo o mundo.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!