Início Notícias Telegram afirma que sua criptomoeda deve ser lançada ainda este ano

Telegram afirma que sua criptomoeda deve ser lançada ainda este ano

306
0
Telegram afirma que sua criptomoeda deve ser lançada ainda este ano

Depois de uma pré-venda privada que arrecadou mais de US$1,7 bilhão, o aplicativo de mensagens Telegram lançará, em breve, a versão teste de sua aplicação baseada em blockchain e que possuirá um token nativo, o Gram. Segundo o portal de notícias russo Vedomosti, os investidores da pré-venda “confirmaram” a autenticidade de uma circular enviada a todos os participantes do financiamento da plataforma.

De acordo com a publicação, no documento, o Telegram, revelou que 70% de todo o desenvolvimento da plataforma baseada em blockchain já esta pronto e que o TON (como é denominada a blockchain) representará uma nova maneira de trocar dados e valores digitalmente. No entanto, o CEO o criado do Telegram Pavel Durov não se manifestou sobre o assunto.

O Criptomoedas Fácil revelou que a proposta da TON, segundo o whitepaper, é a de colocar o Gram como uma criptomoeda “para uso em massa das pessoas”, algo que possa ser usado todos os dias, para qualquer transação. A plataforma tem como objetivo usar uma arquitetura de multi-blockchain para entregar uma tecnologia escalável, com uma interface mais amigável e uma base de usuários engajada.

Algumas funcionalidades da tecnologia da TON incluem:

  1. Paradigma Infinito de Fissuração: esta é a solução de escalabilidade da TON, permitindo que diferentes cadeias laterais dividam-se e fundem-se, conforme necessário, para o equilíbrio de carga ideal e reduzindo os tempos e os custos das transações;
  2. Roteamento Imediato do Hipercubo: definido como um “mecanismo inteligente de roteamento”, garante que as cadeias múltiplas possam trocar dados de forma perfeita e rápida, mesmo se a rede crescer para milhões de cadeias;
  3. Abordagem de Proof of Stake: Proof of Stake (PoS) é o protocolo alternativo à Prova de Trabalho (PoW), que é usado pelo Bitcoin e a maioria das outras criptomoedas. Com a PoS, as transações são validadas de acordo com o número de tokens que cada usuário deposita a nível de “participação”, cada um tendo poder de voto e ganhos de acordo com a quantidade de tokens depositados;
  4. Livros Distribuídos 2-D: Isso permitirá a TON gerar blocos válidos em cima de inválidos e atua como um mecanismo de “auto-cura” que evita forks desnecessários.
COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!