Início Notícias Suíça passa longe de ter uma criptomoeda estatal

Suíça passa longe de ter uma criptomoeda estatal

466
2

Nesta semana, o Banco Central da Suíça, uma das nações que pretende liderar a corrida tecnológica cripto/blockchain, argumentou que a criptomoeda estatal, ou CBDC (Central Bank Digital Cryptocurrency), podem representar, se criadas, uma ameaça para a estabilidade financeira, ainda maior que aquela supostamente criada pelas atuais criptomoedas, que não são reguladas ou emitidas por bancos centrais e/ou autoridades financeiras oficiais. Além disso, segundo a entidade, as CBDC também oferecem poucos benefícios tangíveis.

Andrea Maechler, membro do conselho de administração do banco central suíço, segundo reportagem da Coindesk, site norte-americano, disse em uma audiência em Zurique, capital da Suíça, que a tecnologia de ledger tem o potencial de reduzir custos, melhorar a eficiência e adicionar transparência à liquidação de títulos e pagamentos transfronteiriços. Ela alertou, no entanto, que a DLT “ainda não atende aos requisitos esperados dos sistemas RTGS (Liquidação Bruta em Tempo Real) em termos de escalabilidade, segurança de dados e confiabilidade” e que as criptomoedas estão muito longe de ser comparáveis com dinheiro ou moeda, no entanto o foco de suas declarações estava mesmo reservado para a CBDC, um conceito pesquisado por uma série de bancos centrais em todo o mundo.

“O SNB se opõe a essa idéia”, disse ela sem rodeios, argumentando:

“Um Banco Central emitir uma moeda digital para o público geral não é necessário para garantir um sistema eficiente de pagamentos de varejo sem dinheiro. Ele não geraria praticamente nenhuma vantagem, mas daria origem a riscos incalculáveis ??em relação à estabilidade financeira.”

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!