Início Notícias Suíça estuda a possibilidade de emissão do e-franc, sua criptomoeda estatal

Suíça estuda a possibilidade de emissão do e-franc, sua criptomoeda estatal

624
1

Segundo artigo publicado pela Reuters, agência de notícias internacional, a Suíça, considerada por sete anos consecutivos o país mais inovador do mundo, revelou que, assim como países como Israel, China, Canadá, Inglaterra e Suécia, está estudando a emissão de uma criptomoeda própria chada “e-franc”, lastreada na moeda fiduciária local, o Franco suíço.

O Conselho Federal Suíço de sete membros que constitui o governo federal, apoiou o pedido do parlamentar suíço Cédric Wermuth, de 32 anos, para um estudo formal do governo sobre a possibilidade de lançar uma criptomoeda estatal.

“O Conselho Federal está ciente dos grandes desafios, tanto legais quanto monetários, que seriam acompanhados pelo uso de um ‘e-franc’. Solicita que a proposta seja adotada para examinar os riscos e as oportunidades deste ativo e esclarecer seus aspectos jurídicos, econômicos e financeiros”, disse o Conselho Federal suíço.

No entanto, na Suíça, a indicação do Conselho Nacional não significa o início da elaboração da proposta. Antes do começo dos trabalhos, a determinação do Conselho precisa da aprovação da Câmara baixa do Parlamento suíço, então, após a revisão da Câmara baixa, se aprovado, o projeto pode ser executado e ficará a cargo do Ministério das Finanças elaborar o estudo e realizar sua apresentação.

Como mostrou o Criptomoedas Fácil, a Suíça vem realizando diversos eventos para promover a sua posição cripto friendly e, mas especificamente, o seu Cripto Valley (localizado na cidade de Zug), tudo com vistas a criar, desenvolver e fortalecer a posição da nação na vanguarda da tecnologia blockchain. A nação possui um programa, chamado F10, que tem por objetivo incentivar e apoiar uma série de startups no universo das criptomoedas e também uma legislação definida sobre ICOs que, embora rigorosa, é permissiva para o desenvolvimento da tecnologia.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã