Início Notícias StartSe lança plataforma dedicada exclusivamente a startups

StartSe lança plataforma dedicada exclusivamente a startups

479
0
StartSe lança plataforma dedicada exclusivamente a startups

A StartSe, empresa em educação e realização de eventos sobre blockchain, criptomoedas e novas tecnologias, está ampliando seu escopo para tornar-se um hub de inovação por meio da estruturação de uma nova plataforma para negociação e incentivo de startups.

Segundo reportagem do jornal Valor Econômico, o novo empreendimento, chamado StartSe Deals, tem como objetivo unir investidores e companhias tradicionais e novatas com projetos inovadores em busca de um aporte de capital e trabalhará como assessora nestas duas pontas, além de ajudar as empresas a criarem programas de seleção para startups que querem acelerar com investimento ou orientação de gestão. Ideias que abordam desenvolvimentos com criptomoedas e blockchain são bem vindas.

Hoje a StartSe conta com um banco de dados com mais de 9 mil startups brasileiras, cerca de 30% em fase de captação de recursos, e organiza cursos sobre inovação, tecnologia e gestão de startups nos Estados Unidos, na China, na Índia e aqui no Brasil. No entanto, apesar do anúncio da entrada no ramo de consultoria, a empresa já fazia, há pouco mais de um ano, um serviço parecido auxiliando empresas que desejam possuir uma conexão com o Vale do Silício mas que não querem montar um escritório na região, ou mesmo como um hunter visando atualização das empresas com novas tecnologias, como uso de impressões 3D para fabricantes de papel ou de novas tecnologias de reconhecimento facial para companhias de meios de pagamentos.

“Apesar de crescer muito, o mercado de ‘venture capital’ ou startup ainda era muito pequeno no Brasil. Então, nosso caminho foi criar primeiro uma plataforma de cursos e eventos para capacitar e conectar esses grupos de pessoas, ideias e empresas. Hoje já vemos uma massa crítica interessante de empresas prontas para acessar o mercado”, explica Eduardo Glitz, sócio da StartSe.

Como destaca a reportagem, a StartSe Deals funciona como uma butique financeira na assessoria às operações, mas pode vir a ter uma plataforma para negociação secundária de participações em startups e para investimento de pessoas físicas no segmento, tal como planeja a FoxBit, que visa criar uma espécie de bolsa no Brasil voltada para o mercado secundário de títulos de startups e, por isso, investiu na plataforma de crowdfunding Kria.

Na direção no novo empreendimento da StartSe está Daniel Radomysler, que passou pela área de fusões e aquisições do Itaú BBA, pela empresa de participações Confrapar e é sócio-fundador da Atlas Ventures.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!