Início Notícias Stablecoin encerrará atividades e devolverá US$133 milhões aos investidores

Stablecoin encerrará atividades e devolverá US$133 milhões aos investidores

141
0
Stablecoin encerrará atividades e devolverá US$133 milhões aos investidores

As stablecoins, moedas lastreadas em ativos físicos ou moedas fiduciárias, têm sido desenvolvidas como alternativa à volatilidade vivenciada no ecossistema dos criptoativos e como forma de transacionar valores além das fronteiras. No entanto, a estabilidade de alguns projetos não tem sido tão estável como anunciado e, recentemente, segundo o portal The Block Cripto, o projeto Basis encerrará suas atividades e devolverá os fundos para seus investidores.

Citando “várias pessoas com conhecimento direto da situação”, os relatórios afirmam que o projeto está programado para devolver a maioria dos US$133 milhões arrecadados por meio de um rodada de investimento privado lançada no início do ano. O portal informa que a empresa planeja enviar um comunicado para todos os investidores anunciando a falência e a devolução dos fundos.

Ainda segundo a publicação, o encerramento do projeto ocorre devido a questões de regulamentação, no entanto, não está claro exatamente qual agência reguladora está pressionando a Basis e nem o motivo exato pelo qual os reguladores teriam encontrado problemas em seu projeto. Segundo a Cointelegraph, as preocupações regulatórias podem estar ligadas ao fato dotitu projeto envolver um “token secundário”.

“Em muitos casos, esses tokens secundários de ‘ações’ ou ‘títulos’ são títulos [sob a lei dos EUA]. Como existe apenas um pequeno grupo de pessoas que podem [legalmente] comprar esses tokens de segurança ‘compartilhados’ ou ‘bond’ [não registrados], os protocolos baseados nesse mecanismo podem estar em risco – se ninguém quiser comprar esses tokens quando a stablecoin está sendo negociada abaixo do preço indexado, a estaca ficará quebrada”, disse Nevin Freeman, cofundador e CEO da stablecoin Reserve.

Ao portal Coindesk, o fundador da Basis, Nader Al-Naji, confirmou a informação e destacou.

“À medida que as orientações regulatórias começaram a vazar ao longo do tempo, nossos advogados chegaram a um consenso de que não haveria nenhuma maneira de evitar o status do projeto de ser reconhecido como um título (embora Basis provavelmente estaria livre dessa caracterização). Neste sentido, nós consideramos muitos caminhos alternativos para lançar para tentar cumprir as restrições regulatórias, mantendo nosso produto atraente e competitivo, incluindo o lançamento offshore, e começando com um mecanismo de estabilidade centralizada. Em última análise, no entanto, não achamos que nenhum dos caminhos que consideramos seja atraente o suficiente para nossos usuários ou nossos investidores, ou consistente o suficiente com nossa visão para justificar o avanço”, disse.

A principal stablecoin do mercado, o Tether (USDT), viu o número de “concorrentes” aumentar este ano. Em outubro, as principais exchanges de criptomoedas do mercado como Huobi e OKEx adicionaram suporte a diversas criptomoedas estáveis como USD Coin (USDC), True USD (TUSD), Paxos (PAX) e Gemini dollar (GUSD).

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI