Início Notícias Stablecoin dos irmãos Winklevoss ultrapassa US$1 enquanto Tether desvaloriza

Stablecoin dos irmãos Winklevoss ultrapassa US$1 enquanto Tether desvaloriza

226
1
Stablecoin dos irmãos Winklevoss ultrapassa US$1 enquanto Tether desvaloriza

De acordo com dados da ferramenta Coinmarketcap, o dólar Gemini, stablecoin lastreada no dólar, emitida pela exchange Gemini (GUSD), viu seu preço atingir o recorde de US$1,19 nesta terça-feira, 16 de outubro.

O GUSD foi lançado no início de setembro, quando a exchange, fundada por Cameron e Tyler Winklevoss, anunciou que havia obtido aprovação do Departamento de Serviços Financeiros de Nova York para listar e emitir o token indexado ao dólar.

Na época, um comunicado de imprensa afirmou que o token seria “estritamente indexado” ao dólar. Assim como outras stablecoins, o objetivo do GUSD é fornecer liquidez para os comerciantes que desejam evitar atrasos na compra de criptomoedas causadas pela conversão direta de dólares reais.

A notícia chega um dia depois que o Tether (USDT), a stablecoin mais conhecida do mundo, registrou sua maior baixa dos últimos 18 meses, chegando a ser cotado a US$0,869.

Embora o preço do token tenha recuperado valor recentemente, seu valor de mercado caiu, indicando que a oferta total de tokens diminuiu. De acordo com a Coinmarketcap, cerca de 2,26 bilhões de tokens USDT permanecem em circulação, de uma oferta total de aproximadamente 3 bilhões.

Em contraste, havia cerca de 2,67 bilhões de tokens em circulação em 14 de outubro, três dias atrás, e 2,8 bilhões uma semana antes, em 07 de outubro.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!