Início Blockchain Singapore Airlines lança a primeira carteira de milhagens baseada em blockchain

Singapore Airlines lança a primeira carteira de milhagens baseada em blockchain

443
0
Singapore Airlines lança a primeira carteira de milhagens baseada em blockchain

Nesta semana, a companhia de aviação Singapore Airlines, que encerrou operações no Brasil em 2016, anunciou que seu programa de milhagens, KrisFlyer, agora conta com a primeira carteira virtual baseada em blockchain para milhagens da companhia, a KrisPay, que permitirá aos participantes do programa converterem suas milhas na moeda digital nativa da carteira que poderá ser gasta em produtos da Singapore Airlines e também em comércios que integram o programa.

“Para começar, as milhas KrisPay serão aceitas em 18 estabelecimentos comerciais, abrangendo diferentes categorias de serviços de beleza, alimentos e bebidas, gasolina e varejo. Parceiros selecionados oferecerão descontos durante o período de lançamento. Mais comerciantes serão progressivamente adicionados à plataforma e os membros do programa vão contar com promoções freqüentes no aplicativo e mais recursos também serão adicionados nos próximos meses” diz o anúncio oficial.

A carteira digital da Singapore Airlines está disponível para IOS e Android e, embora tenha sido anunciada como “a primeira carteira digital para programa de fidelidade de companhia aérea baseada em blockchain”, o anúncio não esclarece qual realmente é a diferença da aplicação e porque ela precisa utilizar uma blockchain (privada, construída em parceria com a Microsoft) para ser executada, indicando que a companhia possa apenas estar utilizando do hype em torno do termo “blockchain” para desenvolver estratégia de marketing.

No entanto, o CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong, fez questão de declarar que a aplicação representa uma grande conquista.

“Ao criar uma carteira digital baseada em milhas que integra o uso de milhas em suas vidas diárias, os membros da KrisFlyer têm mais uma opção de usar as milhas instantaneamente nas transações cotidianas”, afirmou.

No Brasil, mesmo sem blockchain e já há alguns anos, companhias aéras como Tam, Gol e Azul também possuem programas de fidelidade que podem ser acessados via carteiras digitais nos quais as milhas podem ser convertidas diretamente em produtos ou, por meio de parcerias com plataformas agregadoras de pontos, como Multiplus ou Dotz, também podem ser utilizadas em mercados, postos de gasolina, diversas lojas virtuais e até mesmo para adquirir produtos bancários.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!