Início Notícias SEC deve tomar mais 10 decisões sobre ETFs de Bitcoin nos próximos...

SEC deve tomar mais 10 decisões sobre ETFs de Bitcoin nos próximos dois meses

590
1
SEC deve tomar mais 10 decisões sobre ETFs de Bitcoin nos próximos dois meses

Ao que tudo indica, os próximos dois meses serão intensos para o Bitcoin, tendo em vista que a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) terá que decidir sobre outras 10 propostas de ETF de Bitcoins já protocoladas junto ao órgão.

Como revela o portal de notícias Coindesk, além da proposta do ETF da VanEck, cuja decisão foi adiada pela SEC, outras propostas já apresentadas, mais ainda sem decisão definitiva, como das empresas ProShares, Direxion e GraniteShares, juntam-se a outras 6 propostas, totalizando 10 decisões relacionadas a listagem de ETFs de Bitcoin que aguardam decisão da agência reguladora dentro dos próximos dois meses.

Historicamente, a entidade tem sido relutante em aprovar ETFs com base em ativos emergentes e commodities. No entanto, no caso do ETF de Bitcoin, como mostrou o Criptomoedas Fácil, as decisões têm sido acaloradas, inclusive com posições divergentes dentro da própria SEC.

Pesquisadores da Canaccord, como relata o portal de notícias CCN, enfatizaram que, o ETF de Bitcoin da CBOE provavelmente será aprovado, visto que a bolsa já lida com a entidade quando tratam-se de outros produtos, porém isso só deverá acontecer em 2019.

Os próximos meses podem ser de intensas emoções para o mercado de criptomoedas. Entretanto, a entrada do mercado institucional no ecossistema das moedas digitais é um caminho sem volta.

“A chegada de um possível ETF de Bitcoin permanece como prioridade para os investidores institucionais em busca de exposição à esta classe de ativos emergentes, e agora existem vários pedidos pendentes de aprovação pela SEC, mais notavelmente o proposto por VanEck e SolidX. Além disso, a custódia institucional continua progredindo, pois a Ledger anunciou uma parceria com a Nomura e a Global Advisors durante a conferência Consensys em maio e a Coinbase lançou seu produto de custódia institucional no início de julho”, acrescentaram os pesquisadores da Canaccord.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã