Maior festival do gênero na América Latina acontece dia 11 de novembro, com quase 24 horas de palestras temáticas, atividades de aprendizado interativo e shows que pretendem desmistificar e fomentar a comunidade hacker brasileira.

O Roadsec SP17, o maior festival de cultura hacker da América Latina, volta a São Paulo para sua quarta edição e terá a maior infraestrutura e programação da sua história. Serão quase 24 horas de atividades focadas em promover a troca de conhecimento entre hackers brasileiros e os maiores especialistas do mundo e desmistificar essa figura tão controversa.

O evento receberá mais de 40 palestras e painéis com as principais novidades desse universo divididas em 5 trilhas (Segurança, Hacking, Tecnologia, Comunidades e Carreira). A figura central do dia será John Draper, O Capitão Crunch, uma das figuras mais icônicas do universo hacker, e  Amal Graafstra, o inventor do Biochip que, além de apresentar uma palestra sobre transhumanismo, implantará a tecnologia em 100 participantes do evento, criando a primeira centena de “Hackers Ciborgues” do país.

Em paralelo, um galpão de atividades repleto de inovação, como ringue de batalha de robôs, pilotagem de drones e realidade virtual vai saciar a curiosidade de quem gosta de colocar a mão na massa.

Hackaflag – a final nacional do maior campeonato de invasão de sistemas da América Latina

Pela primeira vez, o maior campeonato de invasão de sistemas da América Latina será disputado em duas categorias: individual e em grupos. Na primeira, os 18 campeões estaduais eleitos ao longo do ano vão disputar a final nacional para levar uma viagem para Las Vegas, nos EUA, e participar da DefCon, a maior conferência hacker do mundo.

Na segunda, um formato inédito será inaugurado. Os cinco melhores times de hackers do país formarão as equipes de ataque e profissionais de Segurança da Informação de grandes empresas e órgãos governamentais colocarão à prova sua capacidade técnica no papel da defesa.

Feira de Recrutamento

Pela primeira vez, o evento abrirá um espaço para que as grandes empresas, como Itaú e Soluti, encontrarem e entrevistarem hackers e talentos da Segurança da Informação. Mesmo com salários generosos para novatos e uma demanda crescente –  até 2022, o déficit de profissionais na área deve beirar 1,8 milhão de vagas – as posições levam meses para serem preenchidas.

A expectativa é que mais de cinquenta jovens talentos sejam contratados durante todo o evento.

Música e cultura – O primeiro festival de Nerdcore do Brasil

Além da troca de conhecimento, o Roadsec propõe uma imersão na cultura hacker. Para essa edição, o evento trará o dois maiores expoentes do NerdCore (uma espécie de Hip Hop Hacker): Dual Core e YTCracker, que serão acompanhados de DJs e de shows especiais com as bandas Raimundos e Matanza.

O Roadsec

O Roadsec é um evento itinerante que em 2017 passou por 18 capitais pelo Brasil, recebendo mais de 15 000 participantes. Durante as edições estaduais, o evento apresenta um formato que se divide em três partes: Palestras com as descobertas e novas técnicas apresentadas por especialistas locais e de todo o Brasil; Atividades que promovem o aprendizado interativo, com o uso de drones, robótica e realidade virtual; Etapas regionais do Hackaflag, o campeonato de invasão de sistemas que elege os melhores hackers do ano naquela localidade e o traz para São Paulo para a final nacional.

O Capitão Crunch

John Draper foi o precursor do conceito phreaker (phone hackers) ao conseguir fazer ligações gratuitas utilizando um apito de plástico que vinha de brinde em uma caixa de cereal, que reproduzia fielmente o tom de 2600 Hz, usado para acessar diretamente o satélite nas chamadas de longa distância. Assim era possível fazer as chamadas sem pagar pela ligação. Com isto, Draper obrigou os EUA a trocar a sinalização de controle nos seus sistemas de telefonia.

Draper foi preso por fraude em 1972 e condenado a cinco anos de prisão. Em meados dos anos 1970, ele ensinou suas habilidades de phone phreaking a dois jovens, Steve Jobs e Steve Wozniak, que mais tarde fundaram a Apple Computer. Em uma entrevista em 1995, Jobs declarou que uma blue box, hardware de fraude telefônica que usava a técnica de John Draper, foi de fato o primeiro produto da empresa, antes mesmo do famoso Apple I.

Roadsec SP17

Quando: 11 de Novembro

Horário: Começa às 09h e vai até às 5h do dia 12.

Onde: AUDIO – Av. Francisco Matarazzo, 694, Barra Funda – São Paulo

Garanta já seu ingresso com 10% de desconto: http://bit.ly/2x8BdPS

Palestrantes:

Para mais informações, acesse: roadsec.com.br/saopaulo2017/

loading...