Início Notícias Representante da polêmica BitConnect é preso por autoridades indianas neste domingo

Representante da polêmica BitConnect é preso por autoridades indianas neste domingo

385
0
Representante da polêmica BitConnect é preso por autoridades indianas neste domingo

De acordo com a publicação da agência de notícias Coindesk, um promotor da polêmica plataforma de criptomoedas BitConnect foi preso neste último domingo, 19 de agosto.

Divyesh Darji, ex-chefe da BitConnect India, foi preso no Aeroporto Internacional Indira Gandhi, em Nova Delhi, neste domingo, informou a agência de notícias local India Express. O Departamento de Investigação Criminal da polícia de Gujurat anunciou que prenderam Darji depois de receber um alerta da agência de imigração do país.

Segundo P. G. Narwade, um inspetor do departamento de polícia, Darji estava a caminho de Dubai para a cidade de Ahmedabad quando foi preso.

Ele disse:

“Os acusados ​​realizaram seminários, eventos na Índia e outros países prometendo juros altos – taxa de juros diária de 1% – sobre o investimento em moedas BitConnect (BCC). O custo de uma moeda BitConnect em 16 de janeiro de 2018, quando a empresa foi fechada, era de US$362.”

Como a Coindesk informou anteriormente, o serviço de empréstimos da BitConnect foi fechado em janeiro passado, depois que reguladores do Texas e da Carolina do Norte, nos EUA, disseram que a empresa estava envolvida na venda de títulos não registrados vinculados à uma venda de tokens. A paralisação resultou na queda dos preços do token BCC da startup, caindo de sua alta de US$400 no início do ano para US$17,25 em 17 de janeiro. O token estava sendo negociado abaixo de US$0,70 centavos até o fechamento deste artigo.

Além da venda de títulos não registrados, a BitConnect também foi acusada de realizar um esquema Ponzi, particularmente depois que várias figuras proeminentes da comunidade de criptomoedas lançaram críticas contra ela, incluindo o fundador do Ethereum Vitalik Buterin.

Após o desligamento da plataforma, o ex-investidor e promotor da BitConnect Trevon James disse que o FBI começou a investigar o projeto, de acordo com um vídeo do YouTube que ele postou em março.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI