Início Notícias Quinta onda de alta: Bitcoin e criptomoedas vão crescer “além da nossa...

Quinta onda de alta: Bitcoin e criptomoedas vão crescer “além da nossa imaginação” no segundo semestre

1994
8

Os preços do Bitcoin e das criptomoedas literalmente “derreteram” desde a alta história em 17 de dezembro do ano passado. Entretanto, apesar das baixas, que chegam a 70% no caso do Bitcoin, especialistas chineses acreditam que o preço deve subir substancialmente no segundo semestre. A “quinta onda” da tendência de alta do mercado será impulsionada pelo mercado de investidores chineses.

Essa é a previsão de diversos analistas chineses como Sun Zeyu, da Genesis Capital, em recente entrevista à Tencent Technology e Gao Kangdi, da Metropolis VC. Para os analistas, apesar do governo não gostar de criptomoedas, os grandes investidores, e há muitos deles, estão famintos por ela.

“A escala da quinta onda do mercado de criptomoedas pode estar muito além de nossa imaginação”, disse Gao Kangdi, da Metropolis VC.

Os analistas acreditam que a crescente instabilidade financeira global e a possibilidade dos EUA incitarem guerras comerciais na região podem ser o catalisador para um maior investimento no mercado cripto, além disso, a entrada maciça de capital proveniente deste ecossistema (cripto/blockchain) já existe em nações mais amigáveis ​​como Cingapura. A cidade-estado é hoje o lar de milhares de fundações de fundos de investimentos criadas por cidadãos chineses e emergiu como uma das nações mais favoráveis ​​para as ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês), além disso, os reguladores reduziram os requisitos para iniciar exchanges de criptomoedas no país.

Para os analistas do mercado financeiro, o Bitcoin é frequentemente colocado como um ativo não correlacionado, o que significa que ele se move independentemente do mercado financeiro mais amplo, assim, uma nova “crise” no mercado financeiro tradicional pode impulsionar o preço das criptomoedas para novos patamares. O status do Bitcoin como porto seguro tem sido contestado por aqueles que argumentam que as criptomoedas não têm valor intrínseco. No entanto, analistas da Goldman Sachs acreditam que o oposto é verdadeiro, pois ativos como Bitcoin continuam a crescer e amadurecer.

Charles Thorngren, CEO da Noble Alternative Investments, acredita que o Bitcoin também está atraindo um novo tipo de investidor – ou seja, investidores em ações que estão procurando novas opções.

“A base do Bitcoin mudou, na verdade evoluiu, para uma base mais ampla de investidores. As pessoas que investiram apenas em ações agora estão procurando opções à medida que os rumores no mercado de ações e títulos aumentam”, disse em entrevista à Forbes.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã