Putin diz que países não podem ter suas criptomoedas pois a natureza delas é descentralizada

Vladimir Putin, presidente da Rússia, disse que a nação transcontinental não pretende emitir uma criptomoeda própria pois a natureza das criptomoedas é ser centralizada. As declarações de Putin vieram a público durante uma sessão anual de perguntas e respostas com o público russo.

Na ocasião, o blogueiro russo Artem Khokholikov fez ao presidente três perguntas sobre criptomoeda:

“A Rússia terá sua própria criptomoeda? […] Será controlado pelo governo? […] Você acha que, num futuro próximo, a criptomoeda substituirá completamente nosso dinheiro padrão e regular?”

Putin respondeu explicando primeiro que a Rússia não pode ter sua própria criptomoeda, pois a criptomoeda “por definição” não pode ser propriedade de um estado centralizado, já que “vai além das fronteiras”. Em relação à criptomoeda como forma de pagamento, como dinheiro, Putin observou que, embora especialistas digam que o Japão adotou parcialmente a criptomoeda como forma de pagamento, “ela não funciona em outros países”, especificando:

“A relação do Banco Central da Federação Russa com a criptomoeda (é que) considera a criptomoeda nem um meio de pagamento nem uma reserva de valor. Criptomoeda não é apoiada por nada. Deve-se tratar com cautela, com cuidado.”

Como revela o portal Cointelegraph, Putin acrescentou que a Rússia embora não considere a emissão de um criptoativo próprio como fez a Venezuela, o país tem que ficar de olho neste processo e pesquisa como as criptomoedas podem ser ativos importantes para transações internacionais.

loading...
COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã