Início Notícias Presidente de órgão regulador norte-americano diz que não é evangelista das criptomoedas

Presidente de órgão regulador norte-americano diz que não é evangelista das criptomoedas

308
0

O chefe do órgão regulador de commodities dos Estados Unidos passou uma mensagem clara durante um discurso feito na última sexta-feira, 13 de abril: ele não é um evangelista das criptomoedas.

J. Christopher Giancarlo, presidente da Comissão de Negociação de Futuros de Mercadorias dos EUA (CFTC, na sigla em inglês), falou sobre a notoriedade que ele sentiu depois de fazer comentários que pareciam simpáticos ao Bitcoin e outras criptomoedas.

Como relatado anteriormente, Giancarlo testemunhou perante um comitê do Senado sobre o tema em fevereiro deste ano, notadamente dizendo que “nós devemos respeitar o entusiasmo desta nova geração sobre as moedas virtuais com uma resposta ponderada e equilibrada, e não desdenhosa”.

Ele acrescentou que, no momento, é importante que os formuladores de políticas se instruam sobre o assunto e, ao mesmo tempo, reprimam os fraudadores que se aproveitam do entusiasmo dos investidores.

Esses comentários de Giancarlo em fevereiro foram aplaudidos pela comunidade das criptomoedas, dezenas de milhares de seguidores no Twitter e ele ganhou um novo apelido e hashtag: #CryptoDad.

No entanto, ele não queria a atenção que os comentários trouxeram, dizendo aos participantes do evento:

“Eu nem esperava nem desejei que algumas palavras proferidas durante uma audiência do Senado no C-SPAN levassem a um minuto de fama de Andy Warhol. Nem sou um evangelista de moeda virtual.”

Giancarlo continuou ressaltando que “enriquecer rapidamente” e “empresários duvidosos” são comuns no setor de criptomoedas, mas que eles são acompanhados por “um crescente contingente de usuários profissionais e institucionais”.

“O que eu reconheci na audiência do Senado é a existência de uma comunidade que vê a tecnologia como um agente de mudança social. Muitos deles atingiram a maioridade durante a crise financeira de 2008 – a mesma crise em que o Bitcoin emergiu em resposta”, continuou dizendo.

Voltando ao tema da regulamentação, Giancarlo destacou que a Commodity Exchange Act não contém referências às criptomoedas, de modo que a lei deve ser reinterpretada para se adequar à nova tecnologia – supondo que ela não seja revisada pelos legisladores.

“É como um antigo sistema operacional de computador que luta para dar suporte a esse aplicativo novo e complexo”, disse ele.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!