Início Blockchain Pesquisadores criam sistema de avaliação para projetos com blockchain na China

Pesquisadores criam sistema de avaliação para projetos com blockchain na China

984
0

Uma instituição científica estatal supervisionada pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT, na sigla em inglês) da China anunciou que irá produzir avaliações mensais de projetos relacionados à blockchain.

Revelado durante um seminário nesta sexta-feira, 11 de maio, organizado pelo China Electronic Information Industry Development (CCID, na sigla em inglês), a iniciativa verá o desenvolvimento de um sistema de classificação independente, muito parecido com um Moody’s ou Standard & Poor, agências conceituadas no mercado que fazem avaliação de empresas do setor financeiro, para o universo da blockchain.

Chamado de “Índice de Avaliação da Cadeia Pública Global”, o sistema se concentrará inicialmente em 28 projetos principais envolvendo blockchain, observando suas capacidades tecnológicas e casos de uso.

Estabelecido em 1995, o CCID é o instituto de pesquisa científica designado para o MIIT, e é responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologia, elaboração de políticas e testes de software para uma variedade de setores.

Em agosto de 2017, a CCID lançou um braço de pesquisa de blockchain baseado na cidade de Qingdao, na China, que será a principal entidade a realizar o trabalho de avaliação de blockchain seguindo em frente. Um relatório detalhado da primeira rodada de avaliação será divulgado nos dias seguintes ao seminário ocorrido nesta sexta-feira, disseram autoridades.

A iniciativa marca um movimento notável de um instituto estatal chinês sob um dos 26 ministérios de gabinete supervisionados pelo Conselho de Estado do país. Também ocorre em um momento em que o MIIT está reforçando seus esforços mais amplos para estabelecer padrões nacionais de blockchain.

Conforme relatado pela CoinDesk, o MIIT anunciou, em março deste ano, que vai acelerar a criação de um comitê para supervisionar o desenvolvimento da padronização da blockchain no país. Mais tarde, a agência elevou a iniciativa, posicionando-a como uma de suas principais prioridades para 2018.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.