Início Notícias Pesquisador do Banco Popular da China analisa abordagem mais centralizada para blockchain

Pesquisador do Banco Popular da China analisa abordagem mais centralizada para blockchain

454
0

Abrir mão da descentralização absoluta poderia resolver muitos dos problemas enfrentados pela tecnologia blockchain, de acordo com Yao Qian, líder de pesquisa de moeda digital do Banco do Popular da China, o banco central do país.

Em um artigo de opinião, publicado pelo site de notícias de negócios chinês Yicai nesta sexta-feira, 27 de abril, Yao resumiu o estado atual do desenvolvimento das tecnologias Bitcoin e blockchain e ofereceu sua opinião sobre como o futuro da tecnologia deve se desenrolar.

Enquanto elogiava os principais recursos da tecnologia de rastreabilidade e funcionalidade de contrato inteligente, o diretor de pesquisa reafirmou sua crença de que o gargalo atual da blockchain está em como alcançar maior escalabilidade, mantendo o consenso com a governança da comunidade bem estabelecida.

Com isso em mente, Yao escreveu que a indústria não deveria ser muito rígida em se ater à governança totalmente descentralizada, em vez disso, defendeu uma abordagem mais flexível.

O diretor de pesquisa disse:

“Prevemos que no futuro haverá uma nova área entre os dois pólos de centralização e descentralização. Cada sistema blockchain terá um nível diferente de não centralização para atender à demanda de diferentes cenários de casos de uso.”

Uma questão importante com a descentralização de blockchains públicas, continuou ele, é que não há como pausar ou desligar o sistema ao enfrentar uma emergência que requer atualizações tecnológicas.

Por exemplo, ele argumentou que o projeto DAO, que sofreu um corte notório em 2016 devido aos erros de codificação em seus contratos inteligentes de Ethereum, expôs um problema onde sistemas descentralizados devem resolver problemas tecnológicos através do que ele chamou de hard forks ou soft forks “caóticos”.

Como tal, Yao imaginou uma aliança de blockchains formando uma rede não centralizada, com cada um agindo como um centro de controle, como uma maneira viável para a tecnologia blockchain crescer no futuro – algo que ele disse ser necessário para controle de risco e mudanças tecnológicas.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!