Início Mercado Pesquisa revela que investidores norte-americanos preferem Ethereum ao Bitcoin

Pesquisa revela que investidores norte-americanos preferem Ethereum ao Bitcoin

503
0
Pesquisa revela que investidores norte-americanos preferem Ethereum ao Bitcoin

Embora o Bitcoin (BTC) ainda seja a criptomoeda mais conhecida e com maior valor de mercado, de acordo com uma pesquisa da empresa de Nova York Foley and Lardner, o BTC não é mais a criptomoeda preferida de muitos investidores de risco que acabam preferindo a segunda maior criptomoeda do mercado, o Ethereum.

Segundo a pesquisa, 38% dos investidores preferem o Ethereum, enquanto 35% preferem o Bitcoin, em seguida, muito atrás com 5% aparecem Ripple, seguido por Dash e Monero com 2%. Para chegar a estes dados, a Foley entrevistou uma série de investidores e executivos de negócios sobre tendências relacionadas às criptomoedas. Entretanto, o número é muito pequeno para representar fielmente um ecossistema tão complexo quanto o dos investidores de criptomoedas. No total, foram entrevistados apenas 60 investidores e todos estavam nos EUA.

A pesquisa revela também outros dados, como por exemplo que a maioria dos entrevistados quer uma indústria mais regulada nos EUA, além disso, para 43% dos entrevistados, o Bitcoin tem a maior probabilidade de ser aceito como forma de pagamento. Quanto às ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês), 84% dos entrevistados acreditam que o método de captação de recursos deve ser regulamentado. Ao mesmo tempo, 86% disseram que a indústria de criptomoedas precisa desenvolver padrões regulatórios globais como os que devem ser apresentados durante as reuniões do G20 em julho.

De acordo com os resultados, hacks e violações de segurança são as maiores ameaças para a viabilidade e crescimento do ecossistema para 71% dos entrevistados. Em relação ao futuro, 41% dos entrevistados disseram que achavam que o mercado cairia nos próximos 12 meses, e outros 29% acreditam que isso acontecerá nos próximos dois a cinco anos.

“Os EUA têm leis antifraude de longa data que se aplicam às criptomoedas, mas existem lacunas e falhas potenciais nessa área em desenvolvimento. Embora as preocupações com fraudes não sejam necessariamente surpreendentes, elas fornecem outro sinal de que os especialistas do setor enxergam a regulamentação como uma coisa boa”, disse Allison Charney, sócio e membro da força-tarefa blockchain da Foley & Lardner.

Outro ponto de interesse é que os entrevistados acreditam que o valor de mercado do Bitcoin será superado – em algum momento – por outra moeda digital como o Ethereum. Um combinado de 45% disse que eles acreditam que é “possível”, mas é muito cedo para dizer quando, 5% disseram que isso vai acontecer dentro de um ano, 14% disseram que vai acontecer dentro de 1 a 2 anos, 18% disseram que vai acontecer dentro de 2 a 5 anos, 5% que acontecerá em mais de 5 anos, e 11% disseram que isso nunca acontecerá.

loading...