Início Notícias Pesquisa da Coinbase mostra que 18% dos estudantes dos EUA já possuem...

Pesquisa da Coinbase mostra que 18% dos estudantes dos EUA já possuem criptomoedas

480
0
Pesquisa da Coinbase mostra que 18% dos estudantes dos EUA já possuem criptomoedas

Segundo o artigo publicado pela Coindesk, ema recente pesquisa encomendada pela principal exchange de criptomoedas dos Estados Unidos aponta que estudantes universitários norte-americanos estão clamando por mais cursos sobre criptomoedas e tecnologia blockchain. Realizada com 675 estudantes, foi divulgada nesta terça-feira, 28 de agosto.

De acordo com a pesquisa, 21 das 50 principais universidades dos EUA, classificadas pelo Relatório U.S. News and World, agora oferecem uma aula sobre tecnologia blockchain ou criptomoedas, e pelo menos 11 faculdades oferecem mais de uma.

“Os estudantes de hoje estão realmente pensando profundamente sobre questões econômicas e futuros econômicos alternativos”, disse Bill Maurer, reitor da Escola de Ciências Sociais da Universidade da Califórnia em Irvine.

Ele continuou:

“Ensinar sobre esse tipo de coisa agora pode ser realmente poderoso para os estudantes que estão tentando encontrar seu próprio caminho e imaginar que tipo de alternativas possíveis podem existir para o sistema econômico vigente.”

E esse interesse em economia alternativa não é apenas relegado aos departamentos esperados, como finanças, negócios ou mesmo ciência da computação. Em vez disso, a pesquisa da Coinbase descobriu que há uma alta demanda por cursos de criptomoedas e blockchain em um espectro diversificado de alunos.

Enquanto 34% dos cursos de ciência da computação e engenharia indicaram interesse em aprender sobre a tecnologia nascente, 47% dos estudantes de ciências sociais estão interessados no mesmo, de acordo com a pesquisa.

Falando sobre entusiasmo dentro das ciências sociais, ou aqueles relacionados ao estudo da sociedade humana e relacionamentos sociais, Maurer disse, aprender sobre sistemas financeiros prepara estudantes de todos os programas para o mercado de trabalho hoje.

“Há uma demanda enorme por aí, especialmente no espaço do design, para pessoas que têm as habilidades com as quais treinamos antropólogos, entendendo o lado humano da tecnologia”, disse ele.

Interesse crescente

Enquanto isso, universidades como Cornell, Stanford e Georgetown estão ampliando suas oportunidades de pesquisa de blockchain para acalmar os ânimos da curiosidade.

E na Universidade de Nova York, David Yermack da Stern School of Business disse que para atender a crescente demanda, seu curso sobre blockchain agora será oferecido em ambos semestres. Durante a primeira sessão do curso em 2014, apenas 35 alunos se inscreveram. Mas na primavera de 2018, 280 estudantes haviam se matriculado.

Os alunos não estão apenas ansiosos para aprender, mas um número cada vez maior também está testando a tecnologia por conta própria – 18% dos entrevistados na pesquisa disseram que possuem alguma criptomoeda.

Dan Boneh, professor de ciência da computação em Stanford, que também está vendo uma demanda crescente por aulas relacionadas à blockchain e às criptomoedas, disse à CoinDesk:

“É um momento muito emocionante. Parece o começo de algo.”

Habilidades negociáveis

O aumento do interesse pela educação em torno da tecnologia é, em parte, uma reação ao mercado de trabalho mais amplo.

Benedikt Bunz, uma estudante de doutorado em Stanford, que falou com a Coinbase sobre os resultados da pesquisa, disse que os especialistas em criptomoedas têm um tempo fácil para encontrar emprego depois da graduação, uma vez que tais habilidades estão em alta demanda. A Coinbase, por exemplo, está aumentando seus esforços para recrutar estudantes e recém-formados ao longo deste ano acadêmico.

“É emocionante ver o amplo interesse na tecnologia de criptomoedas e blockchain decolar na comunidade acadêmica global, incluindo estudantes que frequentam as melhores universidades do mundo”, disse Nat McGrath, vice-presidente de pessoas da Coinbase, à CoinDesk.

“Essa é uma das razões pelas quais estamos focados em construir parcerias com grupos de estudantes sub-representados nos campi universitários, e esperamos expandir esses esforços na primavera.”

Dada a alta qualidade dos estudantes que estão mostrando uma inclinação para o campo, Boneh disse que tem certeza de que algo inovador surgirá nos próximos anos.

Ele concluiu:

“Eu acho que [demanda] tem a ver com muito talento indo para o espaço. Pessoas muito inteligentes estão trabalhando em projetos blockchain.”

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI