Início Notícias Pesquisa aponta que 75% dos investidores dos EUA acham que o Bitcoin...

Pesquisa aponta que 75% dos investidores dos EUA acham que o Bitcoin é “muito arriscado”

566
0
Pesquisa aponta que 75% dos investidores dos EUA acham que o Bitcoin é

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias Coindesk, três quartos dos investidores norte-americanos com mais de US$10 mil em ações, títulos e fundos mútuos acreditam que o Bitcoin é um investimento “muito arriscado”, revelou uma nova pesquisa publicada nesta semana.

A pesquisa, conduzida pela Gallup e pela Wells Fargo, perguntou aos investidores norte-americanos sobre seus pontos de vista sobre o Bitcoin e descobriu que apenas 2% possuem a criptomoeda atualmente e mais de 70% “não têm interesse em comprar Bitcoins”. Outros 26% estão “intrigados”, mas não planejam comprar em um futuro próximo.

A pesquisa entrevistou quase 2 mil adultos nos EUA que investiram em uma conta de poupança para aposentadoria ou em outro tipo de conta, de acordo com a Gallup, empresa de pesquisa de opinião norte-americana. A investigação foi realizada ao longo de uma semana no início de maio.

A pesquisa descobriu que o risco percebido no Bitcoin é a principal razão pela qual poucos investidores estão mantendo a criptomoeda. Enquanto 75% consideravam o Bitcoin “muito arriscado”, menos de 0,5% (ou menos de 10 pessoas pesquisadas) pensavam que o Bitcoin “não era arriscado”. Apenas 2% acharam que o criptoativo não era “muito arriscado”, com os 23% restantes pensando no Bitcoin como sendo pelo menos “um pouco arriscado”.

Outra razão para a falta de interesse pode vir da popularidade limitada do bitcoin, afinal apenas 29% dos investidores pesquisados dizem saber alguma coisa sobre criptomoedas.

Além disso, as estatísticas mostram que a percepção do Bitcoin varia entre os investidores em diferentes idades e gêneros.

“Os homens e os investidores mais jovens são muito mais propensos do que as mulheres e os idosos a dizer que sabem alguma coisa sobre Bitcoin ou outras moedas digitais”, escreveram os pesquisadores.

Apenas 3% dos homens e 1% das mulheres disseram que possuíam Bitcoin, com 3% das pessoas entre 18 e 49 anos e 1% com 50 anos ou mais.

“Por enquanto, a maioria dos investidores está à margem, sabendo pouco ou nada sobre Bitcoin”, concluíram os pesquisadores. “Poucos já estão investidos, e menos ainda planejam entrar em breve.”

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.