Início Conteúdo Patrocinado PayPro: os bancos do futuro parecerão iguais graças ao Bitcoin

PayPro: os bancos do futuro parecerão iguais graças ao Bitcoin

371
0

PayPro está reformulando a área do cripto-bancos com uma nova abordagem inspirada na descentralização completa. Quando Satoshi Nakamoto lançou seu whitepaper, “Bitcoin: um sistema de caixa eletrônico peer-to-peer” no ano de 2009, ele ofereceu o Bitcoin como uma alternativa ao atual sistema de pagamento centralizado. Esta alternativa resolveu usar a prova criptográfica em vez da confiança em uma instituição centralizada.

Naquela época, a história moderna estava testemunhando a pior crise financeira do mundo que vinha do setor bancário. Assim o Bitcoin surgiu como uma alternativa inovadora para uma comunidade que sentiu a necessidade de armazenar valores de uma nova maneira. 

O principal problema era que o Bitcoin permaneceu como um sistema de pagamento por muito tempo, então qualquer forma de instrumento financeiro não estava disponível para um usuário de Bitcoin. Graças ao lançamento do Ethereum, uma plataforma para a construção de aplicativos descentralizados no Blockchain com contratos inteligentes, as novas aplicações financeiras começaram a ser criadas.

Logo depois disso surgiram uma série de criptomoedas chamados tokens graças à tecnologia Ethereum. O problema é que esses tokens só usaram a blockchain do Ethereum para desenvolver sua tecnologia, mas não o seu produto.

Por exemplo, quando bancos vendiam ativos que não produz resultados para seus clientes, os clientes não tinham outra opção senão comprar, pois os bancos estavam aconselhando a fazê-lo. Isso foi possível devido ao fato de que a centralização facilita que o sistema seja corrompido quando uma das duas partes em um relacionamento controla a informação.

Ao usar a blockchain como uma tecnologia para executar os procedimentos de back-end não impede que isso aconteça novamente. Portanto, não se pode dizer que os bancos-criptográficos atuais são uma alternativa ao banco tradicional, já que o Bitcoin era para redes de pagamento.

PayPro está repensando como um banco poderia parecer graças à visão de Satoshi sobre a descentralização. O PayPro acredita que o portfólio de serviços financeiros oferecidos a um cliente não pode ser centralizado de qualquer forma, caso contrário, não há garantias para o usuário de que um banco só cuidará de seus interesses.

O PayPro não oferecerá nenhum serviço financeiro. Em vez disso abrirá as portas do mercado para que qualquer aplicativo descentralizado financeiro (dApp) que possa oferecer seus serviços. A empresa não terá o direito de decidir quais dApps devem estar na rede e quais devem estar fora.

É por isso que o PayPro criou um incrível sistema de classificação descentralizada que permite que a comunidade avalie os dApps. Ao fazer isso, permitirá que a comunidade gerencie o mercado por si só.

Se o PayPro fizer isso, a próxima vez que você procura um seguro ou um crédito, por exemplo, você poderia encontrar mais de 100 empresas oferecendo o serviço que você está procurando. Assim o PayPro fará com que os fornecedores financeiros se esforcem para melhorar seus serviços e para que finalmente possam se tornar o que você realmente precisa. 

No final, o PayPro está criando um ecossistema onde a concorrência é promovida, o que resulta em serviços de melhor qualidade para o usuário. Exatamente o oposto do que acontece atualmente com qualquer forma de banco, bancos tradicionais ou bancos descentralizados (também chamados de neo-bancos e/ou cripto-bancos).

Para mais informações, acesse:

Site: https://www.payproapp.com/ 
Telegram: https://t.me/ThePayPro 
Equipe: https://www.payproapp.com/team 
White paper: https://www.payproapp.com/whitepaper 
Facebook: facebook.com/ThePayPro 
Whitelist: https://www.payproapp.com/Whitelist

Aviso:  Este artigo é apenas para fins informativos, a informação não constitui aconselhamento de investimento ou uma oferta para investir. Criptomoedas Fácil não é responsável por qualquer conteúdo, produtos ou serviços mencionados neste artigo.