Início Educação O que é NEM?

O que é NEM?

1353
1

NEM é a abreviação de New Economy movement (Novo Movimento da Economia) e sua história, hoje entre as top 20 do mercado cripto de acordo com dados da ferramenta CoinMarketCap, iniciou em debates no Bitcointalk, UtopianFuture e a partir de 19 de janeiro de 2014.

Originalmente planejada para ser uma bifurcação do NXT, foi realizada uma chamada pública para a criação de uma nova criptomoeda e a comunidade decidiu usar uma base de código totalmente nova, com um forte foco em dimensionamento e velocidade. A versão alpha foi lançada em 25 de junho de 2014 e a primeira versão estável em 31 de março de 2015.

Duas blockchains

Na NEM, diferente de outras criptomoedas, há duas blockchains que operam de maneira autônoma e também interagindo entre si. Uma é o razão de permissão privada e há também uma blockchain pública à disposição dos usuários. Ambas blockchains estão entrelaçadas sem comprometer a estabilidade ou o rendimento de qualquer ecossistema. Mais especificamente, ambas blockchains podem interagir uma com a outra sem problemas.

A NEM usa uma versão personalizada do algoritmo Eigentrust ++ que implementa um “sistema de reputação” para nós na rede. Basicamente, cada nó controla as informações que recebe de outros nós (novos blocos, transações, etc) e, em seguida, verifica essas informações. Se as informações forem válidas, a reputação do nó fornecedor aumentará e, se for uma informação ruim, a reputação diminuirá.

As reputações de todos os nós são então passadas pela rede e atualizadas dentro de cada nó. Isso permite o balanceamento de carga automático e a remoção de nós defeituosos da rede, mantendo a rede funcionando da maneira mais tranquila e rápida possível, mais detalhes podem ser obtidos aqui e aqui.

Prova de importância

A NEM inovou a forma de consenso da blockchain, incorporando a Prova de Importância (POI), uma técnica bastante semelhante ao PageRank do Google. O PoI é muito superior em escala e oferece um alto grau de eficiência energética ao mesmo tempo.

Parte deste sistema funciona através da aquisição de moedas: quando você coloca moedas na sua carteira, elas começam como moedas não utilizadas. Com o tempo, suas moedas começarão a valer ou contarão para a importância da sua conta. Para se qualificar para uma pontuação de importância, sua conta deve ter pelo menos 10000 XEMs investidos. Esta parte do sistema funciona como moedas em configurações de PoS, mas é apenas uma parte do cálculo de sua importância.

O gráfico de transação da rede NEM é constantemente analisado para fornecer informações sobre quais nós estão contribuindo e quais não estão. Isso significa que quanto mais transações você enviar para outros usuários e quanto mais você usa a rede normalmente, mais importante você se torna. O processo de aquisição e as métricas de transação resultam em uma pontuação de importância para cada nó e essas pontuações são usadas para dimensionar a probabilidade de seu nó coletar XEM. Como o PoI não é intensivo em hardware, ele permite que nós completos sejam executados em praticamente qualquer máquina.

Outra funções e atributos

Entre outras funções, a NEM é uma cadeia de bloco que permite o desenvolvimento em diversas linguagens de programação: JavaScript, Python, C++,  entre outros.  Além de que na própria carteira da NEM, a NANOWallet, se pode criar tokens em menos de dois minutos, criar projetos de ofertas iniciais de moedas (ICO), Registro de Documentos, Votação, Carteiras Multi-Assinaturas. Em dezembro de 2017, a Trezor integrou os ativos NEM em seus portfólios.

  • Na blockchain da NEM também consta:
  • Filtros de spam integrados que impedem as transações de lixo de inundar a rede e entupir os trabalhos;
  • Um sistema de sincronização de tempo P2P que permite que a rede mantenha registros de data e hora precisos sem depender de nenhum servidor externo para verificar o tempo;
  • Mensagens criptografadas no blockchain sem invadir campos de transação para transportar dados como outras moedas;
  • Endereços com múltiplas assinaturas permitem que desenvolvedores definam endereços compartilhados e controle multipartidário sobre ativos e contêineres.

Casos de Uso

As transações XEM levam cerca de seis segundos para serem exibidas e cerca de 20 segundos para confirmação. As taxas para transmissão de ativos através da blockchain pública (moedas, documentos, etc.) são muito baixas. Atualmente, a taxa de transação é de apenas 0,01%.

A variação de linguagens da NEM permite a criação de diversas aplicações para diversas áreas: financeiras, cadeia de suprimentos, games, IoT, apostilamentos, Redes Sociais.

“Se vimos antes que o Ethereum executa até 20 transações por segundo, a versão atual do NEM (rodando em Java) roda 1.000. E o novo, Catapult , feito em C ++, com até 4.000 transações por segundo”. Estes são uns dos argumentos que a maior plataforma de ensino em blockchain, a Tutellus, usa para justificar sua migração da Ethereum para a plataforma NEM.

Recentemente, a Pondi X lançou a primeira “maquinha” para que os varejistas aceitem XEN e outros tokens. Já está disponível um plugin no WordPress para que se receba XEN em sites de e-commerce. A Choice está implementando um modelo diferente dos gateways, que reduzirá ainda mais as taxas de transação.

Um ponto controverso da NEM é que ao contrário de outras criptomoedas, não há “transações privadas”  e todas são possíveis de serem rastreadas.

Fundação NEM

Localizada em Cingapura, a Fundação NEM é uma entidade sem fins lucrativos formada por uma rede internacional e composta por profissionais em TI, empreendedores, empresas  e acadêmicos que visam a educação e ampliação do desenvolvimento do projeto. Mas a Fundação NEM incentiva a participação de todos para propor melhorias nos códigos e implementar novos projetos e até mesmo em ações de marketing em troca de recompensas. Os incentivos da Fundação NEM também são oferecidos para pesquisas acadêmicas e o que atrai bastante é o financiamento da própria Fundação a novos projetos. Isto é muito interessante aos empreendedores, já que buscar realizar um ICO atualmente é muito caro.

Este ano comunidade NEM cresceu ainda mais, com o anuncio de mais 100 embaixadores em todo. Aumentando sua participação em continentes muitas vezes ignorados por projetos de blockchain, como África e até mesmo América Latina. E essa ação já está gerando retornos; como alianças de pesquisa de desenvolvimento com o Estado Antioquia, na Colombia e com o Banco do México.

No Brasil, o embaixador da NEM é o João Guilherme Lyra, que se dispõe a ajudar iniciativas nacionais que agreguem valor a Comunidade NEM de diversas formas, desde desenvolvimento de projetos, cursos e eventos.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã