Início Bitcoin O homem de 6 trilhões de dólares diz que anonimato e ausência...

O homem de 6 trilhões de dólares diz que anonimato e ausência de fronteiras são razões do sucesso do Bitcoin

1170
3
bitcoin

Fink é conhecido como “o homem de 6 trilhões de dólares”. Ele é CEO da Blackrock Inc., uma das principais gestoras de investimentos do mundo, responsável pela gestão de mais de 6 trilhões de dólares em ativos.

Fink participou do Global Investments 2018 Outlook Summit, conferência realizada, anualmente, em Nova York para discutir sobre os rumos do mercado financeiro. No evento, o assunto bitcoin veio à tona. E Fink deu a sua opinião.

Inicialmente, o CEO citou algumas características que, em sua visão, levaram o bitcoin a ter um crescimento tão alto. “A razão pela qual isso (bitcoin) é tão bom é que é anônimo. É anônimo e transcende fronteiras nacionais“, disse ele na conferência.

Embora ele inicialmente estivesse propenso a endossar a criptomoeda, não foi o que aconteceu. Fink demonstrou um certo desdém sobre a recente atenção que a moeda atraiu na imprensa nos últimos anos. Numa entrevista ao portal Reuters, ressaltou que o bitcoin “é mínimo no esquema dos mercados financeiros. Há atenção em demasia voltada para o bitcoin“, lamentou ele. “Não sei por que tem tanto fascínio por parte da imprensa“, afirmou.

Fink também trouxe de volta a discussão sobre a lavagem de dinheiro, bem como a defesa da regulamentação da moeda. “Se você legitimar [bitcoin], ele continuou, “é possível saber quem são as partes envolvidas na transação… a questão é saber quantas pessoas continuarão a usar a moeda se houver a necessidade de identificar quem compra ou quem vende”. Fink mostrou sua preocupação pública com o fato do bitcoin ser um pouco mais do que um instrumento muito especulativo. “Mais importante ainda, é um instrumento que as pessoas usam para lavagem de dinheiro”, afirmou.

Por fim, o gestor conduziu a conversa para mais próximo da sua “zona de conforto”, enfatizando que um investidor mais jovem que procura superar a inflação deveria investir dinheiro em títulos e ações. “100 por cento de ações é a estratégia de investimento certa“, finalizou.

Fink convenientemente esqueceu de mencionar que não apenas o bitcoin vem se mostrado uma excelente proteção contra a inflação, mas também é o investimento mais rentável de 2017, com alta de mais de 700%. O que já coloca a moeda como um dos investimentos favoritos entre os mais jovens.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!