Início Entrevista “Nosso objetivo é colaborar com o mercado e não buscar a centralização”...

“Nosso objetivo é colaborar com o mercado e não buscar a centralização” diz Bitmain em entrevista exclusiva ao Criptomoedas Fácil

161
0

A Bitmain não é apenas a maior fabricante de equipamentos de mineração do mundo, a gigante fundada por Jihan Wu e Micree Zhan possui também a maior fazenda de mineração de Bitcoins (localizada na Mongolia) e também os maiores pools de mineração do mundo (Antpool e BTC.com). De longe é um dos players mais importantes do mercado ao lado de empresas como Bifinex, Binance, Bitmex, Blockstream, entre outros.

No entanto todo este poder levanta questões sobre os reais interesses da empresa que, por sua vez, esteve envolvida em debates controversos na rede como o Hard Fork que criou o Bitcoin Cash (BCH) e a recente guerra de hash com Craig Wright e Calvin Ayre em torno da briga entre as implementações ABC e SV que culminou em outra divisão de blockchain originando o Bitcoin SV (Satoshi Vision).

O anuncio da abertura de um IPO na bolsa de Hong Kong também trouxe luzes distintas para a Bitmain, afinal, enquanto o fato mostrava um amadurecimento no ecossistema cripto/blockchain, avaliando a empresa em quase US$ 18 bilhões, na outra ponta, informações as vezes desconexas mostravam que a empresa estava aferindo prejuízo em 2018 e colocavam duvidas quanto a liquidez da Bitmain.

Além disso, outras duvidas e questionamentos sempre rondaram a empresa, desde mineração não autorizada em equipamentos dos usuários até a venda de maquinas de ‘segunda mão’ que seriam usadas pela empresa antes de serem comercializadas. Para falar sobre tudo isso, o Criptomoedas Fácil realizou uma rara entrevista exclusiva com um dos gerentes globais da empresa, Tianlin Gao, que no ocidente adota o nome de Irene para facilitar a comunicação. Gao é Gerente Glocal da Vendas e Desenvolvimento de Negócios e trabalha ao lado de Wu na sede global da Bitmain no distrito de Haidian em Beijing.

Falando sobre cooperação ao invés de centralização, Gao abordou muitos aspectos da Bitmain e procurou, a todo momento, mostrar que a empresa busca o crescimento do ecossistema como um todo pois o crescimento do mercado também representa a ascensão da Bitmain, espantando e desmentindo qualquer rumo de centralização ou dominância da empresa sobre o Bitcoin. A entrevista foi dividida em duas partes, confira:

Criptomoedas Fácil: A Bitmain é a maior fabricante de equipamentos de mineração do mundo e  detém também os maiores pools de mineração (Antpool e BTC.com), esse poder da empresa não representa uma centralização no Bitcoin? Como esse poder da Bitmain pode impactar o futuro do Bitcoin?

Tianlin Gao: Eu acho que antes de tudo precisamos esclarecer uma coisa: nós somos apenas uma fabricante de equipamentos de mineração. O que eu quero dizer com isso é que, você sabe, nós temos duas linhas de negócios: uma são nossos hardware de mineração e uma outra linha de equipamentos para Inteligência Artificial, por isso, nosso interesse é que este ecossistema se desenvolva. O Bitcoin não pode ser centralizado, ninguém pode domina-lo ou controla-lo por conta de todos os seus aspectos descentralizados, justamente construídos para evitar qualquer controle ou domínio sobre ele. O MarketCap total do Bitcoin e do próprio mercado de criptomoedas é gigantesco e penso que ninguém, nem mesmo uma comunidade ou mesmo um continente pode controla isso. Nós somos influentes nessa indústria, isso é verdade, e, justamente por isso, somos delegados a criar um ecossistema e benefícios pra todos os tipos neste mercado porque partilharmos os mesmos benefícios que construímos, ou seja, se ajudamos o mercado a avançar também somos beneficiados deste avanço. Qualquer tipo de domínio é contra a descentralização e contra o white paper de Satoshi Nakamoto e não é isto que estamos buscando.

CF: Qual o objetivo da Bitmain?

TG: Nosso objetivo é ser líder global na fabricação de hardware de mineração. No entanto, nós não queremos ser apenas os líderes na fabricação de equipamentos de qualidade e eficiência mas também líderes em soluções e serviços. Esse é o nosso objetivo. Eu acho que esse é o objetivo para uma empresa honesta como a nossa. Porque nós estamos querendo melhorar o código, a eficiência, os serviços para todos os mineradores e para toda a comunidade. É do nosso interesse que mineradores tenham benefícios, porque o benefício deles é o nosso benefício. Nunca vamos nos tornar e acho impossível que qualquer um consiga isso, os ‘dominadores’ do Bitcoin, nós trabalhamos sempre, dia a dia, para ser colaboradores. Queremos fazer coisas que beneficiem a comunidade e nossos usuários. Esse é o nosso objetivo.

CF: Existem novos competidores para Bitmain nesse mercado de mineração, como a Intel que anunciou recentemente uma possível entrada neste ecossistema, além de concorrentes como Halong Miner, entre outros, Como a Bitmain vê isso?

TG: Nós temos uma mente aberta para isso. Os competidores são bem-vindos, não só para hardware como para softwares. Na semana passada nós participamos de uma conferência onde falamos sobre nossos últimos desenvolvimentos em firmwares e pools de mineração. Somos pioneiros neste tipo de desenvolvimento que anunciamos, isso é um exemplo. Nós estamos encorajando competidores nessa área, nós somos um novo sistema de software livre de firmware de maquinas de mineração. Agora é compartilhar com o público para que novos desenvolvimentos possam surgir, essa é a nossa ideia. Nós não somos o tipo de  empresa que obtém uma vantagem e não compartilha com os outros, pelo contrário, nós encorajamos os outros a se juntarem para trazer melhoras para toda a indústria. E isso é tanto para software como para hardware, temos uma visão semelhante para ambos. Se houverem mais competidores isso vai também nos inspirar a ser mais cuidadosos com o mercado e a colocar mais esforço para melhorar todas as nossas limitações; melhorar na qualidade e serviços que oferecemos para manter nossa posição de líder global.

Realizamos uma expansão este ano, que culminou com a implantação de diferentes tipos de escritórios para vendas ao redor do mundo. Nós também colocamos representantes de pós-venda em diferentes locais. Estamos trabalhando para que nossos clientes contem com  um processo de reparo mais rápido. Então, na nossa perspectiva, nós melhoramos nossa competitividade em diferentes aspectos não somente focando nos nossos competidores e coisas desse tipo. Eu acho que se você tem benefício real para seus usuários, isso te faz altamente competitivo. E é isso que fazemos. Obviamente há muitas especulações na mídia sobre o que estamos fazendo ou o que esta acontecendo com a Bitmain, nós não damos atenção a isso e focamos no desenvolvimento e na ação.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI