card-mycelium

Em um mercado de blockchain voltados às criptomoedas, os diferenciais tecnológicos entre os conceitos de cada moeda são tangíveis, mas poucas soluções oferecem ao usuário o controle quase físico sobre suas transações e sobre o seu dinheiro trazendo-o do âmbito virtual para o real, nem tão pouco oferece aos comerciantes ou instituições financeiras uma maneira de sem complicações aparentes realizarem transações financeiras entre si. Mas a Mycelium diz ter a solução para este problema.

Mycelium é uma empresa que atua de maneira diferenciada junto a comunidade, instituições financeiras e comerciantes, oferecendo soluções competitivas de negócios para o ambiente tecnológico de uma nova geração. Uma dessas soluções é a “Revolução FinTech” que facilita a inevitável transição dos métodos usuais comuns de pagamento de hoje em dia para um novo patamar de métodos de pagamento mais seguros, menos dispendiosos e mais transparentes para todas as partes envolvidas.

Vamos por partes para entender esse conceito oferecido pelo Mycelium, que não usa nenhuma criptomoeda. Suas unidades de valor são respaldadas pela promessa legal de uma instituição emissora. As unidades podem ser trocadas através de um Blockchain de forma segura, rápida e barata.

Mycelium usa um registro (ledger) online distribuído amplamente conhecido como Blockchain para processar transações. Os tokens digitais vinculados à moeda podem ser entendidos como moedas digitais, que são garantidas e imunes a falsificação, além de possuírem um custo quase nulo de transação graças ao uso da Blockchain. Para comerciantes e instituições operacionais, Mycelium fornece consoles de software compatíveis com Blockchain para gerenciar pagamentos de faturas, compras, reabastecimento de conta e outras operações.

Agora quando falamos dos consumidores, Mycelium fornece basicamente duas opções para os consumidores: uma carteira móvel e um cartão (quase que um cartão de crédito) compatível com o Blockchain para enviar e receber pagamentos. A carteira móvel funciona de forma semelhante a muitos pagamentos avançados e aplicações bancárias.

Mas o cartão é literalmente um computador só que minúsculo e flexível conta com tudo desde uma CPU própria, conectividade à uma rede sem fio, display, teclado, bateria recarregável e interface IO (entrada/saída) alojada em um conveniente gabinete de plástico de tamanho de cartão de crédito.

De maneira interessante o processo de pagamento do cartão funciona usando um protocolo sem fio proprietário protegido dentro da banda de freqüência de rádio ISM e tem um alcance máximo de uma centena de metro. Mas como o conceito é ter o pagamento a estabelecimentos que possuem conexão a internet e ai podem validar as transações com o ledger global.

Neste conceito inovador, eles querem prover uma solução integrada rápida e direta para grandes centros de entretenimento, centros de educação ou grandes centros de compras. É impressionante o conceito aonde você recebe a transação que precisa processar digita a sua senha no próprio cartão e valida a compra, demasiadamente simples e direto. Esperamos que isso torne-se uma realidade em breve.

Saiba mais sobre o Cartão da Mycelium, aqui.

Abaixo o vídeo do cartão:

Quer receber as notícias em primeira mão?

Participe do nosso canal no Telegram: https://t.me/criptomoedasfacil (@criptomoedasfacil)

loading...
COMPARTILHAR

ePavanatti – Engenheiro alucinado por tecnologia e adepto da façocracia. – Gostou do meu conteúdo e quer me apoiar, pague-me uma cerveja 17wQ6RRKgqrYaeha5gTWgaQimMgRGqXjbC

  • Marcelo Lamoglia

    e se o cartao quebrar ou danificar?

    • Isaias M

      com certeza eles devem ter pensado nisso.