Início Notícias Mesmo com bear market, Lightning Network supera a marca de US$ 2...

Mesmo com bear market, Lightning Network supera a marca de US$ 2 milhões em transações

143
1
Mesmo com bear market, Lightning Network supera a marca de US$ 2 milhões em transações

Uma excelente notícia para os fãs da Lightning Network (LN): mesmo com a queda do mercado em 2018, a capacidade de transações da rede ultrapassou US$ 2 milhões no domingo (23), de acordo com dados fornecidos pelo site de estatísticas Bitcoin Visuals.

Apesar do mercado bear de um ano, combinado com o recente crash do mercado apelidado de “crypto winter”, a rede Bitcoin Lightning teve um forte crescimento ao longo de 2018. O pico desse crescimento ocorreu entre os meses de novembro e dezembro; o volume de movimentações saltou de cerca de US$ 400 mil para US$ 2 milhões.

A partir de 23 de dezembro, os canais de nós que suportam o protocolo de dimensionamento de iluminação foram capazes de transacionar 496,8 BTC, faltando muito pouco para chegar a marca de 500 BTC.

O número de canais que são nós de conexão pela primeira vez também cresceu visivelmente nos últimos dois meses, totalizando quase 15 mil canais únicos no final de dezembro.

Esses são gráficos muito importantes para o futuro do Bitcoin. Como sabemos, a escalabilidade é um dos maiores problemas para a rede nos últimos tempos, com o aumento do seu uso. Apesar de muitas melhorias feitas nos últimos dez anos, o ecossistema às vezes é incapaz de lidar com o crescente número de usuários e transações, o que pode aumentar drasticamente o tempo de espera para transações de minutos para dias (como ocorreu no ano passado) e as taxas subirem drasticamente.

A Lightning Network, um protocolo de pagamento de segunda camada que opera sobre o blockchain do Bitcoin, visa resolver os problemas de escalabilidade usando canais de pagamento – uma maneira segura e rápida de realizar transações entre usuários sem registrá-los no blockchain até o momento em que o canal estiver fechado.

Lançada há poucos meses, a LN experimentou grandes avanços, ainda de que forma tímida. A Blockstream anunciou recentemente que deu um novo impulso ao seu serviço de Bitcoin via satélite através da LN, estendendo-o por toda a região da Ásia/Pacífico.

Já o blog Yalls, criado por Alex Bosworth – que também é fundador do Lightning Labs, empresa responsável pela gestão de melhorias da LN – informou em novembro que processou 20 mil transações via LN de abril até novembro desse ano. Alguns desses passos mostram o quanto a rede pode crescer nos próximos ano, deixando otimistas aqueles que veem o Bitcoin como uma moeda “para pagar o cafezinho diário”.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI