Início Notícias Mercado de criptoativos apresenta desempenho superior às principais ações da bolsa dos...

Mercado de criptoativos apresenta desempenho superior às principais ações da bolsa dos EUA

168
0
Mercado de criptoativos apresenta desempenho superior às principais ações da bolsa dos EUA

No mercado financeiro dos Estados Unidos, existe uma sigla utilizada para designar as ações das principais empresas de tecnologia do país: Facebook, Amazon, Apple, Netflix e Google. Essas cinco empresas são conhecidas pela sigla FANG.

Até setembro e outubro deste ano, essas empresas apresentavam expressiva valorização. A Apple e a Amazon chegaram a quebrar a barreira de US$1 trilhão em valor de mercado. No entanto, o mês de novembro marcou a reversão do mercado, que devolveu boa parte dos ganhos do ano inteiro.

Essa baixa levou a um fato inusitado e até surpreendente: hoje, a maioria dos mercados de criptoativos apresentam uma valorização maior do que a maioria dessas empresas (com exceção da Amazon). Desde 2017, tanto as FANG quanto os criptoativos apresentaram valorizações expressivas. No entanto, apesar das perdas de 75% e 90% dos criptoativos, os principais mercados superaram significativamente as altas dessas ações, contando desde o início de 2017.

Abaixo, veremos um comparativo entre as FANG (excluindo a Amazon) e os principais criptoativos do mercado (Bitcoin, Ether, XRP, Litecoin e Monero).

Apple

No início de 2017, a Apple (AAPL) estava sendo negociada por aproximadamente US$115 a ação. Após a recuperação ao longo de 2017, ela continuou a registrar altas recordes em 2018 antes de atingir o valor de mercado de US$1 trilhão no terceiro trimestre – tornando-se a primeira empresa da história a atingir esse valor.

Desde que estabeleceu um recorde histórico acima de US$230 no início de outubro, a Apple viu sua ação cair aproximadamente 30%. Hoje, a empresa está cotada em aproximadamente US$165, o que ainda representa uma alta de 43% desde janeiro de 2017.

Facebook

Das ações da FANG, as do Facebook registraram a maior volatilidade de preços nos últimos dois anos. Negociando por aproximadamente US$115 no início de janeiro de 2017, a empresa viu 12 meses muito otimistas antes de uma queda de aproximadamente 23%, de uma alta recorde de US$195 para US$150 durante o primeiro trimestre de 2018.

O segundo e terceiro trimestres de 2018 viram o Facebook se mobilizar para registrar um recorde de quase US$220, antes de sofrer uma violenta queda de 40%, chegando a US$125. Até o momento, a ação está sendo negociado a US$144, o que equivale a um ganho de 25% desde o início de 2017.

Netflix

A Netflix (NFLX) obteve o melhor desempenho entre as ações FANG desde janeiro de 2017. A empresa iniciou o pregão de 2017 a cerca de US$125, antes de experimentar 18 meses de altas seguidas.

Desde o pico do preço, em aproximadamente US$ 420 durante junho e julho deste ano, a Netflix recuou cerca de 40%. Até o momento, está se consolidando na área de suporte de US$ 265, resultando em um ganho de preço de 115% em quase 24 meses.

Google

A Google (GOOG) foi a menos volátil das ações FANG nos últimos 24 meses. Em 2017, a ação custava cerca de US$ 772. Foram 19 meses de alta, em sua maioria, alcançando um pico de US$1.255 em julho e agosto – quase o dobro do valor registrado no ano passado.

Devido a baixa volatilidade, a Google sofreu as menores perdas das ações da FANG desde que divulgou sua alta histórica, tendo recuado quase 20% e testado o suporte de US$1.000. Atualmente, a empresa é negociada a US$ 1.042, o que equivale a um ganho de preço de 35% desde janeiro de 2017.

Criptoativos

No início de 2017, os principais criptoativos do mercado eram: Bitcoin, Ether, Ripple (XRP), Litecoin e Monero. Portanto, eles serão utilizados na comparação.

Bitcoin

Apesar de ter perdido quase 77% do seu valor desde o início do ano, o Bitcoin se valorizou quase 250% desde janeiro de 2017. De US$ 965 naquela ocasião, um Bitcoin vale atualmente cerca de US$3.344.

Ether

Apesar de registrar uma perda acumulada no ano ainda maior do que o Bitcoin (88,5% até o momento), o Ether valorizou mais de 1.000% em quase 24 meses, subindo de US$8 para US$88,5.

Ripple

Entre os principais criptoativos, a XRP apresentou a maior valorização de mercado. Desde o início de 2017, os preços subindo quase 4.350%, de cerca de US$0,0065 para os atuais US$0,29, apesar de registrar uma perda de 87% no acumulado do ano.

Litecoin

A Litecoin apresentou uma expressiva perda acumulada de 90% no ano. Atualmente ela ocupa o sétimo lugar em valor de mercado. Mesmo assim, ainda produziu ganhos de preço de mais de 500% desde o início de 2017, passando de US$ 4,33 para US$ 26,5 hoje.

Monero

A Monero caiu da 5º para a 12ª posição em valor de mercado e produziu uma perda de 88,5% no acumulado do ano. Mas experimentou ganhos de quase 200% desde janeiro de 2017, com os preços subindo de US$ 13,8 para US$ 40,4.

Podemos notar que as grandes quedas fizeram parte dos mercados durante todo esse ano, e foram mais impactantes nos criptoativos. No entanto, uma análise de longo prazo (na medida que se pode usá-la em um mercado que acabou de completar 10 anos) mostra que as valorizações também foram expressivas. Quem investiu no ano passado obteve ganhos de 3 ou até 4 vezes mais altos do que no mercado de ações.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI