Início Notícias Marvel avalia se proibirá startup de criptomoedas de usar o nome da...

Marvel avalia se proibirá startup de criptomoedas de usar o nome da cidade fictícia do filme Pantera Negra

352
0
Marvel avalia se proibirá startup de criptomoedas de usar o nome da cidade fictícia do filme Pantera Negra

Segundo o artigo publicado pela agência de notícias Coindesk, a Marvel, uma das maiores produtoras de quadrinhos do mundo, ainda não tem certeza se vai se opor à uma startup de criptomoedas que utiliza o nome da nação fictícia Wakanda do filme Pantera Negra.

A subsidiária da gigante dos quadrinhos Marvel Characters pediu ao Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO) mais tempo antes de decidir se vai irá se opor aos pedidos das marcas Wakanda Wine Fest e Wacoinda feitos por uma startup.

Essas marcas foram solicitadas por uma empresa chamada Wilsondom LLC, que quer lançar serviços financeiros e educacionais em relação às criptomoedas.

Especificamente, a marca Wacoinda, se aprovada, seria aplicada a iniciativas de educação financeira e empoderamento econômico voltadas para a comunidade afro-americana.

A marca Wacoinda foi solicitada em fevereiro, mas o pedido da Marvel Characters ao USPTO para uma prorrogação da liberação da marca ocorreu na semana passada, revelam documentos públicos. A empresa agora tem até 14 de novembro para decidir se deseja se opor à marca solicitada pela startup. O pedido de prorrogação não significa necessariamente que a Marvel irá opor à marca, no entanto.

A Marvel Characters não respondeu a um pedido de comentário até o momento.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.