Início Notícias Maioria dos norte-americanos não informa posse de criptomoedas nas declarações de imposto

Maioria dos norte-americanos não informa posse de criptomoedas nas declarações de imposto

383
0

Menos de 100 pessoas dos 250 mil indivíduos norte-americanos que já executaram a declaração de imposto este ano através da Credit Karma, empresa multinacional de finanças norte-americana, relataram transações envolvendo criptomoedas à Receita Federal dos EUA, informou a empresa nesta terça-feira, 13 de fevereiro.

De acordo com um artigo publicado pela Reuters, agência de notícias britânica, essa pequena quantidade de pessoas que declararam suas transações com moedas digitais não acompanha um recente estudo realizado pela Qualtrics, empresa de pesquisa norte-americana, em que 57% dos 2 mil norte-americanos pesquisados afirmaram terem conquistado algum ganho relacionado às criptomoedas.

Aproximadamente, o mesmo percentual dos entrevistados (cerca de 50%) disse que nunca havia declarado ganhos relacionados às moedas digitais à Receita Federal dos Estados Unidos (IRS, na sigla em inglês), de acordo com o estudo encomendado pela Credit Karma.

A Receita Federal dos Estados Unidos considera as criptomoedas propriedades cabíveis à cobrança de impostos, o que significa que quaisquer lucros ou perdas relacionadas a elas, deveriam ser declarados como ganhos ou perdas de capital.

O volume de negociação de criptomoedas aumentou consideravelmente durante 2017, porém apesar deste aumento, ainda não é fácil identificar quantas pessoas exatamente detém moedas digitais, afinal as tecnologias base das criptomoedas possibilitam, na maioria das vezes, o anonimato. A Coinbase, maior corretora de criptomoedas norte-americana, por exemplo, diz possuir 10 milhões de clientes, porém ela não sabe informar quantos deles estão de fato nos Estados Unidos.

Jagjit Chawla, gerente da Credit Karma, disse que a empresa não ficou muito surpresa com o fato de que poucas pessoas declararam ganhos relacionados às criptomoedas, afinal norte-americanos com situações fiscais mais complexas tendem a realizar suas declarações de imposto na última hora.

“No entanto, dada a popularidade do Bitcoin e de outras criptomoedas em 2017, esperamos que mais pessoas realizem a declaração,” afirmou Chawla em um comunicado.

O prazo limite para realizar a declaração de imposto nos Estados Unidos é 17 de abril.