Início Notícias Maior Banco Russo o Sberbank quer vender criptomoedas, mas não na Russia

Maior Banco Russo o Sberbank quer vender criptomoedas, mas não na Russia

382
0
Banco da Ru?ssia pretender abrir exchange

Está cada vez mais interessante ver como os Governos tem lidado com o mercado cripto. A Venezuela, como temos acompanhado aqui pelo Criptomoedas Fácil, está lançando uma moeda, que não ia ser minerada e agora vai, que será lastreada em petróleo 1:1, mas que quem adquirir agora terá 60% de desconto e que não pode se comprada com o dinheiro fiat do país. Agora quem protagoniza o antagonismo da vez é a Russia, mais especificamente o Sberbank, o maior banco da Rússia que planeja operar uma ‘exchange’ de criptomoedas em sua sucursal na Suíça, pois lá haveria um ambiente mais favorável aos cripto-ativos. Não foram revelados detalhes da operação, nem como, quando ou de que forma ela estaria disponível.

O chefe dos mercados globais do banco, Andrey Shemetov, disse à RBC que o banco russo escolheu a Suíça para o local de troca porque as autoridades russas atualmente não permitem operações de criptomoedas, enquanto o comércio de criptos é legal na Suíça, “Desejamos servir os interesses dos nossos clientes, é por isso que pensamos que precisamos ter acesso estratégico a todos os tipos de produtos e serviços”, afirmou Shemetov.

Não deixa de ser contraditório uma instituição russa, cujo principal acionista é o Banco Central do país (com 60% das ações), lançar um produto em outra nação sendo que, internamente, o Governo adota posições opostas à criptomoedas, ora quer banir geral, ora quer apenas regular e não possui uma lei clara ainda sobre o assunto. Assim caso o banco implemente realmente aquilo que anunciou ele poderia estar aferindo lucro de uma atividade que pode ser vir a ser considerada ilegal em seu pais.

A Sberbank não planeja fornecer uma exchange para investidores de varejo, mas está buscando operar a nível institucional. “As operações de troca de criptomoedas só estarão disponíveis para entidades legais”, afirmou Shemetov, acrescentando que os investimentos em cripto são de alto risco devido à volatilidade do mercado.

Em 25 de janeiro , as autoridades russas apresentaram o Bill do Regulamento de ativos digitais , que define e estabelece um sistema regulatório para criptografia, ICOs, mineração e negociação. De acordo com a última atualização do projeto de lei, o Ministério das Finanças tem como objetivo adotar legalmente o comércio de criptomoeda, uma vez que reduziria os riscos de fraude e aumentaria as receitas fiscais do governo, devido ao potencial de transparência fiscal. De acordo com o site local de criptografia Forklog , a versão final do projeto será lançada oficialmente até 1º de julho de 2018, o que significa que a versão atual ainda pode ser alterada antes da vigência da lei.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã