Início Blockchain Liverpool usará blockchain para tentar ser a primeira cidade “ecologicamente correta”

Liverpool usará blockchain para tentar ser a primeira cidade “ecologicamente correta”

484
0
Liverpool usará blockchain para tentar ser a primeira cidade

Recentemente, a cidade inglesa Liverpool anunciou suas pretensões de ser ser a primeira cidade do mundo “ecologicamente correta” e, portanto, com ações ambientais fortes para amenizar os efeitos do aquecimento global e liderar esforços na construção de uma nova “lógica” econômica, social e administrativa pautada na eficiência energética e climática.

Para tanto, a Câmara Municipal da cidade assinou uma parceria com a Fundação Poseidon para integrar a tecnologia da startup, baseada em blockchain, que promete compensar o impacto das emissões de carbono de qualquer produto ou serviço permitindo que indivíduos, organizações e governos revertam os estragos da mudança climática todos os dias por meio de suas atividades. A parceria prevê que a Poseidon trabalhe em estreita colaboração com escolas, universidades e empresas locais para desenvolver programas educacionais sobre o impacto climático que vão desempenhar um papel vital no compromisso da câmara em reduzir suas emissões totais de carbono em 40% até 2030.

“Estou muito feliz por termos assinado este acordo de parceria com a Poseidon para conectar Liverpool diretamente com projetos positivos para o clima em todo o mundo. A tecnologia da Poseidon é a primeira de seu tipo a fornecer uma solução real para governos, empresas e indivíduos no mundo inteiro, ajudando-os a reverter as causas da mudança climática, e estou muito entusiasmado com este acordo, que vai trazer esta tecnologia de ponta para nossa cidade”, salientou Joe Anderson, prefeito de Liverpool.

Não está claro no anúncio como a startup vai efetivamente colaborar para a redução do carbono na cidade de Liverpool e também no Reino Unido. Além disso, existem outros inúmeros fatores que impactam o desenvolvimento de ações para promover o “desenvolvimento verde” e, até o momento, nenhuma destas ações “práticas” foi efetivamente mostrada pela Câmara, nem pela Posidon, que também não explicitou como realmente vai funcionar a parceria. Entretanto, Laszlo Giricz, fundador e CEO da Poseidon, disse que “esta é uma parceria inovadora, não apenas para a Poseidon e para Liverpool, mas a nível global. Pela primeira vez, uma cidade usará a tecnologia blockchain para ir além do reequilíbrio de sua emissão de carbono, liderando o caminho na luta contra a mudança climática”.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!