Início Bitcoin Lightning Network: transações chegam a 1 dólar e rede tem seu “Pizza...

Lightning Network: transações chegam a 1 dólar e rede tem seu “Pizza Day”

1051
3

Embora ainda não tenha sido implementada em grande escala, a tecnologia da Lightning Network (LN) já está começando a produzir resultados dentro da rede do Bitcoin.

Os primeiros deles foram a transação inicial na rede e uma substancial queda no valor de algumas transações de tamanho médio.

O “Pizza Day” da LN

Em um post do Reddit intitulado [Lightning] the future just arrived at my doorstep (Lightning: o futuro acabou de chegar na minha porta, em tradução livre), o usuário btw__throwaway1337 postou a foto de um roteador, afirmando que adquiriu o produto via TorGuard, utilizando a Lightning Network para efetuar a transação. O usuário também postou a prova da transação através do site smartbit.

Muitos podem considerar essa como a transação “Pizza Day” da Lightning Network, em alusão ao nome pelo qual ficou conhecida a primeira transação de um bem em troca de bitcoins na história, ocorrida em 2010. Nesse caso, teríamos a primeira compra de um bem com pagamento em Bitcoin usando a Lightning Network.

Em seu post, o usuário ressaltou que a transação foi realizada de uma forma relativamente tranquila, sem a necessidade de um grande conhecimento de tecnologia. “Eu tenho grande conhecimento em ciência da computação e engenharia de redes. No entanto, não tive que utilizar nenhum código para conseguir isso (a transação), e tenho certeza de que alguém com habilidades técnicas medianas poderia ter feito o mesmo“, afirmou no post.

Entretanto, ele também alertou para a possibilidade de perdas de fundos ou de encontrar bugs, já que a rede ainda este em fase de testes: “entrei na rede totalmente disposto e consciente de que poderia perder meus BTC. Eu tive sorte, outras pessoas podem não ter”, alerta.

Outro usuário também utilizou a LN, e parece não ter tido a mesma sorte. “Há rumores de que estou no LN mainnet. Eu pagarei 100% por duas pizzas se qualquer um de vocês puderem ajudar a facilitar a transação. Por favor, me ajude! “, disse o usuário.

No entanto, a compra é um momento histórico para a adoção de LN, pois pode representar a primeira vez que um pagamento foi usado para comprar um item físico através da rede. Muitos usuários do Reddit também compararam o feito com a famosa “transação de pizza”, que ocorreu em 22 de maio de 2010, e representou a primeira vez que bitcoins mudaram de mão em uma transação do mundo real.

Transações a 1 dólar: um modelo sustentável?

Propostas como o Segregate Witness (SegWit) e a própria Lightning Network foram trazidas como propostas viáveis para melhorar a escalabilidade da Blockchain e diminuir as taxas cobradas nas transações.

Embora pouco adotadas, as soluções parecem começar a trazer algumas melhorias pontuais. Mesmo com a mempool ainda com valores altos (a mempool é a lista de transações pendentes na Blockchain), várias transações já começam a ser aprovadas com taxas de 55 satoshis por byte, o que equivale a míseros 1 dólar. Trata-se de um grande avanço, especialmente quando comparado aos 30 dólares que algumas transações chegaram a custar em redes nas quais o SegWit ainda não foi totalmente implementado, o que é o caso da maioria das carteiras e exchanges do mercado.

Dado que o SegWit pode reduzir ainda mais as taxas de transação, como explicou a Ledger, uma das principais fabricantes de hardware wallets para criptomoedas, se empresas líderes como a Coinbase e a Blockchain.info integrarem o SegWit, a expectativa é de que as taxas de transação para pagamentos normais possam cair ainda mais, chegando a valores menores do que 1 dólar.

Recentemente, a Coinbase, uma das mais valiosas empresas do setor, junto com Bitmain e Binance, foi fortemente criticada por resistir a implementação do SegWit no processamento de transações. Vários analistas chegaram a afirmar que a Coinbase está contribuindo significativamente para o congestionamento da rede Bitcoin.

Em resposta, o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, afirmou que a empresa adotará rapidamente o SegWit e o processamento de transações para garantir que os seus usuários desfrutem de taxas de transação mais baixas e uma experiência perfeita na transação com bitcoin.

Aumento do bloco, sem hardfork

Outra consequência da implementação do SegWit foi identificada pela BitGo, empresa que fornece wallets e serviços de segurança para aplicações empresariais: o aumento do tamanho dos blocos na Blockchain, ainda que de forma indireta.

A empresa anunciou nessa semana que blocos de 2 megabytes chegaram a ser minerados na rede, em virtude da ocorrência de transações otimizadas via SegWit e de inputs criados pela própria BitGo com taxas extremamente reduzidas.

A empresa, de fato, demonostrou que, mesmo sem um aumento do tamanho do bloco via hardfork (como foi feito no Bitcoin Cash e tentou-se fazer com o SegWit2x), os blocos podem aumentar para até 2MB com o uso do SegWit (o gráfico dos blocos pode ser conferido aqui).

No entanto, como observou um artigo de pesquisa da Cornell, a rede Bitcoin poderia aumentar seu tamanho de bloco para 1,7 MB e não afetar a sincronização dos nós, considerando que os nós na rede Bitcoin possuem significativamente mais largura de banda do que outras redes de blocos públicas, como Ethereum.

Os nós Bitcoin geralmente possuem maior largura de banda que lhes é atribuída do que Ethereum. Em comparação com o nosso estudo anterior em 2016, vemos que a largura de banda média para um nó Bitcoin aumentou em um fator de 1,7x. O nó Bitcoin típico possui muito mais largura de banda disponível do que antes. A maior largura de banda alocada indica que o tamanho máximo de bloco pode ser aumentado sem impactar as taxas de blocos órfãos, o que, por sua vez, afeta a descentralização“, afirma o documento.

Portanto, mesmo com a expansão, é necessária uma maior prudência no aumento do bloco, de modo a que este não prejudique a segurança e descentralização da rede.

No meio do prazo, se a implementação da escala na cadeia for implementada, espera-se que a sinergia com SegWit e soluções de escala de duas camadas, como o Lightning, amplie a capacidade da cadeia do Bitcoin. Se a Blockchain puder lidar com mais transações, a rede ficará menos congestionada, levando a taxas mais baixas e períodos de confirmação mais rápidos mesmo para grandes transações.

 

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!