Início Notícias Liga de Futebol Nacional junta-se a criptobanco brasileiro para ajudar vítimas de...

Liga de Futebol Nacional junta-se a criptobanco brasileiro para ajudar vítimas de tsunami na Indonésia

386
0
Liga de Futebol Nacional junta-se a criptobanco brasileiro para ajudar vítimas de tsunami na Indonésia

Uma startup e um dos principais jornalistas esportivos do Brasil uniram forças em prol de uma boa causa. O Bancryp, banco brasileiro especializado em criptoativos, anunciou recentemente a campanha “Um Gol pela Vida”.

Em parceria com a Liga de Futebol Nacional, o Bancryp quer se utilizar da força mobilizadora do futebol e do entusiasmo da comunidade mundial de criptomoedas para levar esperança e condições mínimas de sobrevivência às áreas mais atingidas do  arquipélago. Estima-se que mais de 200 mil indonésios necessitam de auxílio imediato devido à tragédia ocorrida no país no final de setembro.

A campanha funcionará da seguinte maneira: a cada XBANC Token adquirido no Bancryp, será doado 1 litro de água potável à população daquele país. A água é uma das principais necessidades no momento, dado o caráter destrutivo da tragédia. Mais de mil desaparecidos, centenas de mortos e milhares de desabrigados precisam desse tipo de ajuda.

“Em qualquer tipo de desastre natural, uma das principais necessidades da população é água para beber. Por isso a campanha “Um gol pela vida” foi criada com esse objetivo, e conta com a colaboração de todos os apaixonados por futebol e da comunidade mundial de criptomoedas para levar um alento aos atingidos pela tragédia”, afirmou o Bancryp em um comunicado oficial de anúncio da campanha.

Esporte engajado na solidariedade

E a campanha do Bancryp não ficou restrita apenas ao meio cripto. Ela também ganhou o apoio do jornalista Milton Neves, um dos maiores nomes do jornalismo esportivo no Brasil.

Em seu blog Terceiro Tempo, Milton Neves fez um texto dedicado à divulgação da iniciativa e também posou para fotos com a camisa da campanha. Ele também deu uma entrevista para Gislayne Nunes, advogada e representante da Liga de Futebol Nacional (LFN). A instituição foi criada em 2015 em São Paulo e reúne, em sua maioria, clubes de menor expressão do futebol paulista. Mas também conta com equipes de Pernambuco, Ceará, Minas Gerais e Paraná como filiadas.

Na entrevista, Milton Neves destacou a importância da campanha e o fato de tragédias como essa não acontecerem em nosso país.

“Tivemos lá na Indonésia um terremoto seguido de um tsunami. Temos que levantar as mãos para o céu porque aqui no Brasil não temos isso, graças a Deus. E a campanha, “Um Gol pela Vida” foi firmada para esta importante ajuda humanitária”, comentou ele.

A advogada Gislayne Nunes também comentou sobre o caso, destacando a parceria entre a LFN e o Bancrypt.

“Nós, da Liga de Futebol Nacional, em parceria com o Bancryp, primeiro banco do Brasil que desenvolveu a criptomoeda, estamos fazendo esta campanha, este trabalho humanitário de arrecadação de água para os flagelados deste tsunami na Indonésia, atendendo um apelo da ONU (Organização das Nações Unidas) a partir da compra de um XBANC através do site bancryp.com. Eu já comprei o meu”, explicou a Dra. Gislaine Nunes.

Para comprar os tokens do Bancryp e ajudar na campanha, basta acessar o site oficial do Bancryp.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!