Início Notícias Investidor bilionário Bill Miller defende o Bitcoin e diz que outras criptomoedas...

Investidor bilionário Bill Miller defende o Bitcoin e diz que outras criptomoedas são inúteis

538
0
Investidor bilionário Bill Miller defende o Bitcoin e diz que outras criptomoedas são inúteis

A ideologia de maximalismo do Bitcoin é fortemente contestada na comunidade de criptomoedas, com muitas pessoas percebendo uma aversão às outras criptomoedas como um estigma do mercado centrado no Bitcoin. No entanto, uma lenda do investimento adotou uma posição que apenas reforça esse posicionamento e afirmou que apenas o Bitcoin é válido e que as demais criptomoedas são inúteis.

Na última sexta-feira, 27 de julho, Bill Miller, um investidor de 68 anos e administrador de fundos com patrimônio líquido em US$2 bilhões, discutiu sua opinião sobre as criptomoedas no canal de TV da agência de notícias Bloomberg.

De acordo com o artigo publicado pela News BTC, Miller primeiro destacou sua participação no mercado de criptomoedas, observando que ele detém grandes quantidades de Bitcoin em uma parceria na qual ele faz parte.

Miller tem sido um proponente da criptomoeda, investindo mais de US$1 bilhão dos ativos líquidos de seu fundo de investimento em Bitcoin nos últimos anos. Levando em conta que seu patrimônio líquido está na faixa de centenas de milhões e um custo médio de aquisição de US$300, é provável que os criptoativos representem a maior parte de sua própria fortuna.

Quando solicitado a falar sobre por que ele faria tal investimento, ele declarou:

“É uma experiência tecnológica interessante que não sabemos como vai terminar. Agora, a US$7.800 ou onde quer que esteja atualmente, é muito menos arriscado do que quando estava em US$100, porque todos os dias que não explode, não vai para zero, ou não é eliminado da existência, mais dinheiro flui para o ecossistema.”

Mais tarde, ele levantou um ponto intrigante sobre a escassez do Bitcoin, e como há atualmente apenas 17 milhões de criptomoedas em circulação para 25 milhões de milionários em todo o mundo. Levando esses números em consideração, o investidor norte-americano acrescentou que, se cada milionário adquirisse um Bitcoin, o preço do ativo subiria “de forma não linear (exponencial)”.

Embora esta ambição pareça vantajosa, é provável que a escassez do Bitcoin apenas leve os preços a subir futuramente

“A maioria das criptomoedas são inúteis”

Quando questionado sobre se o conceito do valor da escassez se aplica às outras criptomoedas, Miller afirma categoricamente que a maioria das mais de 1600 moedas digitais são inúteis, apontando que o Bitcoin é um dos ativos mais estáveis ​​nesta indústria nascente.

Ele também observou que a maior criptomoeda em valor de mercado tem a maior chance de sucesso, enquanto o Ethereum segue de perto o chamado “ouro digital” em sua perspectiva.

Existem dois tipos principais de observadores da indústria. Em primeiro lugar, observadores de mercado que gostam de afirmar que “o Bitcoin não tem valor intrínseco” devido ao fato de que ele não gera diretamente capital / lucro como resultado das operações da rede. Em segundo lugar, os defensores da criptomoeda observam que o argumento do “valor intrínseco” é muito mal interpretado, afinal o Bitcoin não deve ser valorado da mesma forma que uma empresa de capital aberto.

Miller parece estar no mesmo barco que o último, afinal ele vê uma infinidade de maneiras de valorar o Bitcoin. O principal método que ele vê para valorar esse recurso criptográfico é visualizá-lo como um “ativo não correlacionado que é mais semelhante ao ouro”, enquanto também pode ser transportado com facilidade e pode ser utilizado em ambientes de varejo.

Como foi adicionado mais tarde, o Bitcoin poderia eventualmente ser visto como uma alternativa direta ao ouro, um “ouro digital”, com instituições tradicionais e “vários bancos centrais” adquirindo o Bitcoin como apenas mais um ativo para mantê-lo guardado. Se esta previsão se concretizar, os valores para este ativo provavelmente irão disparar, com Miller observando que o Bitcoin poderia atingir uma avaliação de um terço do valor de mercado do ouro, que atualmente é de US$8 trilhões.

Miller fechou a entrevista com um ponto interessante, observando que os investidores de criptomoedas não deveriam colocar muitos ovos em uma cesta e deveriam tratar seu investimento nesses ativos como um “bilhete de loteria de expectativa positiva” que poderia se multiplicar para “10, 20 ou até 50% dos seus ativos em alguns anos”.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!