A KELTA, que acaba de estabelecer sua farm de mineração de criptomoedas, bem como seu Data Center, inicia também uma parceria fundamental com a ICOBox, um dos principais fornecedores de soluções SaaS para a realização de ICOs. A ICOBox fornecerá todos os serviços técnicos, legais e de marketing para a KELTA à medida que a empresa se prepara para lançar seu ICO.

A KELTA é um centro de dados descentralizado, registrado como uma sociedade de responsabilidade limitada no Reino Unido, que fornece serviços de hospedagem para uma variedade de indústrias, incluindo pesquisas científicas, testes de redes neurais, serviços de jogos e mineração de criptomoedas. A empresa começou a operar há pouco mais de 5 anos quando concluiu a construção e a certificação do seu data center de segurança Tier-3, que já está totalmente operacional e lucrativo. A sua base de dados está localizada na República da Eslováquia.

Os titulares dos tokens KLT, poderão acessar o banco de dados da plataforma de mineração remota da empresa, o que abre o campo para mais jogadores que talvez não consigam operar o sistema de mineração ‘convencional’, com maquinas e farms. Isso significa um processo sem complicações e sem a necessidade de armazenar, manter e atualizar constantemente o hardware informático e a blockchain.

O que faz com que a farm de dados da KELTA se destaque de seus concorrentes é o seu sistema exclusivo de refrigeração por imersão. A tecnologia oferece uma vantagem competitiva porque seus computadores consomem menos energia do que aqueles que usam outros tipos de sistemas de refrigeração, como ar condicionado. E, no mercado de mineração principalmente, menos energia significa custos fixos mais baixos para o usuário final. Isso significa que a mineração pode acontecer com um menor custo de energia, enquanto os chips de mineração podem ser facilmente atualizados para acompanhar o aumento da dificuldade de mineração.

Ao trabalhar com a ICOBox, a empresa espera alcançar uma base internacional de membros para os tokens KLT. Fundada em 2017 pelos visionários em blockchain, Nick Evdokimov, Mike Raitsyn, Anar Babaev e Daria Generalova, a ICOBox oferece orientação e consultoria às empresas que se preparam para administrar suas próprias ICOs.

“Nós queríamos ir internacionalmente e criar uma empresa que tivesse clientes de todo o mundo. Nós também vemos um grande potencial na indústria blockchain sendo um dos tópicos mais quentes do momento e não podemos perder esta oportunidade. Sabemos que a ICOBox tem a experiência para nos orientar para atingirmos as nossas metas de adesão e que assegurarão que nossa ICO seja conduzida com competência e transparência “, afirmou o CEO da KELTA, George Mac.

A KELTA está vendendo tokens de utilidade, que são projetados para fornecer aos seus titulares 50 anos de acesso a um watt de capacidade de dados por token. Com os tokens KLT, os usuários também podem simplesmente abrir um aplicativo em seu smartphone, tablet ou computador e controlar o que eles desejam fazer com o dado poder de watt que possuem, incluindo a mineração de criptomoedas. A plataforma é simples e fácil de operar, mesmo para iniciantes na tecnologia Blockchain. Os Tokens também poderão ser alugados dentro do sistema no futuro.

Atualmente, os tokens KLT estão em fase de pré-venda, com uma compra mínima de 10,000 token. O ICO começa em 1º de fevereiro de 2018 sem restrições de compra mínimas ou máximas. Os Tokens serão distribuídos aos compradores em março.

Para mais informações, acesse:

Kelta: https://kelta.com/
ICOBox: https://icobox.io/

Aviso:  Este artigo é apenas para fins informativos, a informação não constitui aconselhamento de investimento ou uma oferta para investir. Criptomoedas Fácil não é responsável por qualquer conteúdo, produtos ou serviços mencionados no comunicado de imprensa.