Início Notícias História do Bitcoin, Parte 6 – A Primeira Exchange

História do Bitcoin, Parte 6 – A Primeira Exchange

152
0

Nos primeiros dias do Bitcoin, as únicas formas de obtê-lo eram a mineração ou a troca em fóruns ou no antigo chat do IRC. Esse arranjo dependia fortemente da confiança de que a outra parte cumpriria o seu lado do acordo, uma vez que havia poucos serviços de custódia naquela época. O Bitcoin não precisou esperar muito tempo para que uma exchange dedicada surgisse, o que ocorreu em março de 2010. E é sobre essa exchange que falaremos na parte 6 da série Bitcoin History.

A formação do mercado

A primeira troca de criptomoedas não foi a Bitstamp, Coinbase ou Btc-e. Na verdade, era uma plataforma chamada Bitcoinmarket.com – que não existe mais. Como de costume, o site foi proposto no fórum Bitcointalk pelo usuário “dwdollar”, em 15 de janeiro de 2010.

Sua mensagem dizia: “Olá a todos. Estou no processo de construir uma exchange. Tenho grandes planos para isso, mas ainda tenho muito trabalho a fazer. Ela será um mercado real onde as pessoas poderão comprar e vender bitcoins umas para as outras”. Ele contou mais detalhes sobre sua ideia:

“Eu estou tentando criar um mercado onde bitcoins são tratados como commodity. As pessoas poderão trocar bitcoins por dólares e especular sobre o valor da moeda. Em teoria, isso estabelecerá uma taxa de câmbio em tempo real para que todos nós tenhamos uma idéia do valor atual de um Bitcoin, comparado a um dólar”.

A proposta de dwdollar era muito necessária, pois na época havia pouco consenso em comum sobre quanto um Bitcoin valia. A maioria dos gráficos de preços só vai até o verão de 2010, quando 1 BTC estava sendo negociado por cerca de US$ 0,05. Quando a Bitcoinmarket foi lançada em março daquele ano, o valor de um Bitcoin foi fixado em cerca de US $ 0,003, equivalente a 333 BTC por dólar.

Imagine comprar quase 350 bitcoins por um simples dólar. A Bitcoinmarket tornou isso possível.

A primeira exchange é lançada

Em 17 de março de 2010, o site da Bitcoinmarket foi ao ar. Como todas as plataformas que surgiram nos primeiros dias, a exchange possuía uma estrutura muito frágil, feita de maneira improvisada. Era comum que falhas fossem corrigidas após o feedback dos membros do fórum Bitcointalk, devido a ausência de um suporte preventivo qualificado.

O site inicialmente aceitava Paypal como meio de troca de BTC por moeda fiat. Este sistema funcionou durante algum tempo, mas com o crescimento do Bitcoin, o mesmo aconteceu com o número de golpes na plataforma. Após uma sequência de negociações fraudulentas, o Paypal foi removido da exchange em 4 de junho de 2011.

No mesmo dia, um usuário do fórum capturou a vertigem que estava começando a cercar a comunidade Bitcoin, e escreveu no Bitcointalk: “Esse mercado está enlouquecendo. Ontem, vi um cara vendendo 30 bitcoins no eBay por US$ 20. Pensei que ele não venderia nada imediatamente. Vendeu todos os 30 a 4 concorrentes em 12 horas. Agora esta manhã eu vejo o preço na Bitcoinmarket em US$23,99! Eu geralmente sou um cara de comprar e segurar, mas esse crescimento rápido está me enlouquecendo. Eu só tenho 75 BTC, mas me sinto como um cara rico”.

A essa altura, os dias da Bitcoinmarket.com estavam numerados. Surgiu uma nova exchange no mercado e ela estava pronta para abrir suas portas a um grande número de bitcoiners, muitos dos quais haviam sido cortejados depois de conhecerem o site Silk Road, que foi lançado na Deep Web em fevereiro daquele ano. A sucessora da Bitcoinmarket foi lançado em julho de 2011. Em 2014 estava lidando com 70% de todas as negociações de Bitcoin no mundo. Seu nome? Mt. Gox.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI