Início Notícias Hackers pedem Bitcoin em troca de não divulgarem documentos sobre o 11...

Hackers pedem Bitcoin em troca de não divulgarem documentos sobre o 11 de setembro

139
1
Hackers pedem Bitcoin em troca de não divulgarem documentos sobre o 11 de setembro

Um grupo de hackers ganhou os holofotes nesta quarta-feira, 02 de janeiro, por causa do Bitcoin. O TheDarkOverlord é o mesmo grupo que ficou popular por hackear e distribuir episódios da série de televisão Orange is the New Black, da Netflix. Desta vez, eles afirmam ter roubado informações relacionadas ao atentado terrorista de 11 de setembro de 2001, no World Trade Center, em Nova York, EUA.

De acordo com uma atualização publicada no Twitter na véspera de Ano Novo, 31 de dezembro, o grupo alega ter roubado milhares de documentos de empresas de seguros como a Lloyd’s of London, a Silverstein Properties e a Hiscox Syndicates. Agora, eles estão ameaçando publicar o conteúdo dos arquivos que, segundo ele, “fornecerão respostas” para algumas das teorias da conspiração que envolvem o atentado, caso suas exigências não sejam cumpridas.

Um porta-voz do Grupo Hiscox confirmou o ataque hacker, afirmando que os hackers conseguiram acessar arquivos confidenciais de um escritório de advocacia que prestou assessoria para a empresa e provavelmente obteve arquivos de litígio relacionados ao ataque terrorista. Boa parte desses arquivos refere-se a pagamentos e cobranças de seguros das vítimas do atentado.

Em entrevista ao portal CCN, o porta-voz disse:

“Os sistemas do escritório de advocacia não estão conectados à infraestrutura de TI da Hiscox e os sistemas da Hiscox não foram afetados por este incidente. Um dos casos que o escritório de advocacia tratou para a Hiscox e outras seguradoras relacionadas a litígios decorrentes dos eventos de 11 de setembro, e acreditamos que as informações relacionadas a isso foram roubadas durante essa violação.”

De acordo com o relatório, o grupo postou cartas e correspondências on-line por e-mail, mencionando vários escritórios de advocacia, a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) e a Administração de Segurança dos Transportes (TSA). Eles lançaram um link para um arquivo que contém os documentos que supostamente roubaram.

Embora o link ainda esteja criptografado, eles notificaram sua intenção de liberar as chaves de decodificação apropriadas caso o pagamento do resgate não seja efetuado. O grupo exigiu que o pagamento do resgate fosse em Bitcoin, mas não revelaram valores. Assim como não revelaram o que estaria incluído no arquivo.

TheDarkOverlord também está chantageando indivíduos e empresas cujos detalhes estão incluídos nos documentos, exigindo que eles façam os pagamentos necessários para que o grupo exclua seus nomes dos documentos. O artigo da CCN citou uma carta de demanda enviada pelos hackers, onde eles ameaçaram derrubar várias empresas.

“Se você continuar a nos ignorar, escalaremos esses lançamentos liberando as chaves. Cada vez que uma camada é aberta, uma nova onda de responsabilidade recairá sobre você”, afirmou o grupo.

A Hiscox observou, no entanto, que publicar informações relacionadas a seguros não renderá muito ao grupo.

Compre e Venda Bitcoin, Ethereum, Litecoin e Decred de maneira simples, rápida e segura !!CLIQUE AQUI