Início Notícias Guru das finanças processa Facebook por utilização de sua imagem em golpes

Guru das finanças processa Facebook por utilização de sua imagem em golpes

373
0

Martin Lewis, um guru de finanças pessoais britânico, está processando o Facebook por permitir que golpistas, incluindo alguns esquemas envolvendo criptomoedas, usem sua imagem em anúncios na plataforma.

Lewis é o fundador do blog MoneySavingExpert, e seu nome e rosto são bem conhecidos após vários anos escrevendo e muitas aparições na TV. Em um post em seu blog nesta segunda-feira, 23 de abril, Lewis explicou estar iniciando processos judiciais contra o Facebook sobre um assunto pessoal, e não através por conta do MoneySavingExpert. Quaisquer danos que o tribunal pudesse conceder a ele seriam doados para instituições de caridade anti-golpes, acrescenta o post.

De acordo com Lewis, mais de 50 anúncios falsos usando sua imagem foram publicados na maior rede social no ano passado. Ele cita dois golpes em particular, o Bitcoin Code e o Cloud Trader – ambos prometiam grandes lucros com a negociação de opções binárias, uma classe de ativos de risco que Lewis chama de “perda de dinheiro quase certa”.

Os anúncios do Facebook, em alguns casos, têm links para artigos de notícias falsas projetadas para se assemelhar às fontes de notícias do Reino Unido, The Mirror e BBC.

“Basta”, escreveu Lewis. “Eu tenho lutado por mais de um ano para impedir o Facebook de usar meu nome e meu rosto para aplicar golpes em pessoas vulneráveis – mas isso continua.”

Ele afirma:

“É hora do Facebook ser responsabilizado. Ele afirma ser uma plataforma e não um editor – mas isso não é apenas um post em um fórum da web, está sendo pago para publicar, promulgar e promover o que muitas vezes são empresas fraudulentas. Espero que este processo force-o a mudar seu sistema.”

O Facebook anunciou que proibiria anúncios de criptomoedas e ofertas iniciais de moedas (ICOs) em janeiro.

Atingido para comentar na segunda-feira, um porta-voz do Facebook disse ao CoinDesk:

“Não permitimos anúncios enganosos ou falsos no Facebook e explicamos a Martin Lewis que ele deve denunciar quaisquer anúncios que violem seus direitos e serão removidos. Estamos em contato direto com sua equipe, oferecendo ajuda e investigando prontamente seus pedidos, e somente na semana passada confirmou que vários anúncios e contas que violaram nossas Políticas de Publicidade foram retirados. “

Lewis reconhece que o Facebook removeu alguns dos anúncios, mas diz que demorou “dias ou semanas” em alguns casos, e que os golpistas reagem postando anúncios que são todos idênticos.

O Facebook anunciou que proibiria anúncios de criptomoedas e ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês) em janeiro.

Um porta-voz do Facebook disse à CoinDesk, agência de notícias especializada no universo cripto:

“Não permitimos anúncios enganosos ou falsos no Facebook e explicamos a Martin Lewis que ele deve denunciar quaisquer anúncios que violem seus direitos e eles serão removidos. Estamos em contato direto com sua equipe, oferecendo ajuda e investigando prontamente seus pedidos, e somente na semana passada vários anúncios e contas que violaram nossas Políticas de Publicidade foram retirados.”

Lewis reconhece que o Facebook removeu alguns dos anúncios, mas diz que demorou “dias ou semanas” em alguns casos, e que os golpistas reagem postando anúncios que são todos idênticos.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!