Início Notícias Governo dos EUA deve vender cerca de US$10 milhões em Bitcoins apreendidos

Governo dos EUA deve vender cerca de US$10 milhões em Bitcoins apreendidos

925
2

O governo dos Estados Unidos recebeu a autorização do juiz federal do Estado de Utah para vender 513 Bitcoins e 512 Bitcoins Cash apreendidos em uma investigação envolvendo Aaron Michael Shamo, um operador da dark web. Espera-se que o governo norte-americano venda todas as moedas digitais do acusado após a sua recente prisão. O valor total apreendido é de aproximadamente US$ 10 milhões em criptomoedas.

Em 31 de maio de 2017, Shamo juntamente com outros operadores da dark web, incluindo Drew Wilson Crandall, Mario Anthony Noble e Sean Michael Gygi, foram considerados culpados de conspiração para distribuição de substância controlada, adulteração intencional de drogas, uso do correio dos EUA para exercer tráfico de drogas, conspiração para praticar crimes de lavagem de dinheiro e envolvimento em transações monetárias em propriedades derivadas de atividades ilegais específicas.

Quando os operadores da dark web foram declarados culpados pelas acusações feitas pelo FBI, os fundos de Bitcoin e Bitcoin Cash dos criminosos foram apreendidos e transferidos para a custódia do Serviço de Marechais dos Estados Unidos (USMS, na sigla em inglês). O governo dos EUA expressou sua preocupação com a alta taxa de volatilidade dos cripto-ativos, e sugeriu que a melhor decisão seria liquida-los, ou seja, vendê-los.

No último mês de outubro, foi revelado que o governo dos EUA vendeu 144.336 Bitcoins, a uma cotação de US$ 336 cada unidade da moeda digital, depois de encerrar as atividades da Silk Road, website da dark web. O valor total das moedas digitais apreendidas foi vendido um total de US$ 48,5 milhões. Se o governo as tivesse mantido, no entanto, atualmente valeriam o total de US$ 2,4 bilhões.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!