Início Notícias Governo da Coreia lidera projetos pilotos de blockchain e diz que quer...

Governo da Coreia lidera projetos pilotos de blockchain e diz que quer ter 10 mil especialistas na tecnologia até 2022

463
1
Governo da Coreia lidera projetos pilotos de blockchain e diz que quer ter 10 mil especialistas na tecnologia até 2022

O governo sul-coreano investirá 10 bilhões de won coreanos (o equivalente a US$9 milhões) para apoiar o desenvolvimento de blockchain no país, com planos de realizar seis pilotos usando a tecnologia.

De acordo com um relatório da agência de notícias local CoinDesk Korea, o Ministério da Ciência e ICT do país publicou uma estratégia de desenvolvimento de blockchain na última quinta-feira, 21 de junho. A agência disse que o governo planeja investir US$9 milhões no total até o final de 2019 como parte da busca do país por “um plano de médio a longo prazo para expandir a tecnologia blockchain”.

Com isso, o ministério disse que vai assumir a liderança para trabalhar com outras agências do governo para realizar pilotos de blockchain no setor público. Os trabalhos se concentrarão na gestão da cadeia de fornecimento de gado, desembaraço aduaneiro, votação on-line, transações imobiliárias, distribuição de documentos eletrônicos transfronteiriços e logística de embarque.

O principal objetivo, de acordo com o documento, é melhorar a eficiência do compartilhamento de informações e a transparência nesses serviços públicos usando uma rede distribuída.

Por exemplo, o ministério explicou que irá colaborar com o Ministério da Agricultura, Alimentação e Assuntos Rurais para implantar um sistema que atualize as informações do gado de sua criação, enviando para vendas em um livro distribuído.

Como tal, cada parte da cadeia de fornecimento que funciona como um nó na blockchain pode ser comunicada mais rapidamente, de modo que, em caso de problema, o período de acompanhamento pode ser reduzido de seis dias para menos de 10 minutos, diz o documento.

Da mesma forma, o piloto de blockchain no setor imobiliário será realizado com o Ministério da Terra e dos Transportes. Espera-se que, ao integrar serviços imobiliários, tributários e jurídicos com uma cadeia de blocos, as transações imobiliárias possam se tornar mais simples e eficientes para os consumidores, uma vez que suas informações podem ser compartilhadas automaticamente entre diferentes partes.

“Vamos estabelecer um roteiro para o desenvolvimento da tecnologia blockchain e planejar garantir 90% do nível de tecnologia até 2022.”

Além disso, o ministério disse que vai investir 800 milhões de won (o equivalente a US$720.000) por ano por até seis anos para expandir para o centro de pesquisa blockchain. O objetivo é educar os alunos sobre a tecnologia nascente e criar 10 mil especialistas em blockchain até 2022.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.