Início Notícias Gigante da internet chinesa Baidu anuncia seu próprio token para proteção de...

Gigante da internet chinesa Baidu anuncia seu próprio token para proteção de direitos autorais

381
0
Gigante da internet chinesa Baidu anuncia seu próprio token para proteção de direitos autorais

A Baidu, gigante chinesa de buscas na internet, anunciou seu próprio token, o Totem Point, que irá circular dentro de uma plataforma baseada em blockchain destinada à validação e ao compartilhamento de fotos. A aplicação foi construída dentro da blockchain privada da Baidu chamada XuperChain.

A empresa disse que inicialmente serão gerados 4 bilhões de tokens Totem, no entanto, não forneceu detalhes se eles serão negociados em exchanges de criptomoedas ou se serão possíveis de serem convertidos, dentro da plataforma da Baidu ou fora dela, por outros tokens, criptomoedas, altcoins ou mesmo em moeda fiduciária. Também não está claro todos os casos de uso da plataforma, embora a Baidu tenha dito que o token poderia ser usado em diferentes aplicativos construídos sobre a rede XuperChain. De acordo com o white paper, a quantidade de tokens concedidos dependerá do processo de validação, incluindo a quantidade e a qualidade das imagens enviadas por cada usuário.

Anunciada primeiramente em abril como uma plataforma distribuída que cria uma cadeia rastreável de dados à prova de adulteração para proteger a propriedade intelectual dos fotógrafos, a aplicação se assemelha muito à plataforma da Kodak, que usará o token KodakCoin também para proteger os direitos de imagens de fotógrafos amadores e profissionais.

Como revela a agência de notícias Coindesk, depois que os usuários da plataforma da Baidu fizerem upload de suas imagens originais por meio do aplicativo, os nós participantes da blockchain, como agências de imagens e organizações de proteção de direitos autorais, validarão a originalidade das imagens que, ao serem aprovadas, registrarão a data e hora das informações das imagens e as armazenarão na blockchain da Baidu, produzindo dados verificáveis ​​que podem ser vitais no caso de uma disputa de direitos autorais mais tarde, disse a empresa.

A Baidu anunciou ainda que o roadmap da aplicação pretende expandir o sistema de proteção de direitos para incluir outros tipos de ativos de mídia digital, como vídeos, uma adição esperada para o primeiro trimestre do próximo ano.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!