Início Notícias Gêmeos Winklevoss ganham patente de corretora de criptomoedas

Gêmeos Winklevoss ganham patente de corretora de criptomoedas

398
0
NEW YORK, NY - MAY 06: Co-Founders at Winklevoss Capital, Tyler Winklevoss (L) and Cameron Winklevoss speak onstage during TechCrunch Disrupt NY 2015 - Day 3 at The Manhattan Center on May 6, 2015 in New York City. (Photo by Noam Galai/Getty Images for TechCrunch)

A Winklevoss IP, empresa de propriedade dos fundadores da exchange Gemini, dos gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, foi premiada com uma patente requerida que visa a estabelecer produtos negociados em bolsa (ETPs) com criptomoedas.

A empresa delineou um sistema que pode executar transações para ETPs com criptomoedas “como bitcoin, ripple, dogecoins, ether” bem como a BBQCoin, entre outras, de acordo com a patente publicada pelo Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos nesta terça-feira, 08 de maio. A empresa apresentou o pedido pela primeira vez em dezembro do ano passado.

As ETPs, que incluem fundos negociados em bolsa (ETF), são um tipo de garantia cujos preços derivam de outros instrumentos de investimento aos quais estão vinculados, que, no caso da Winklevoss, seriam os criptoativos.

A recompensa da patente é notável, uma vez reconhece os esforços contínuos dos irmãos Winklevoss para impulsionar a negociação de ETFs relacionados à criptomoedas depois de terem enfrentado obstáculos dos reguladores dos EUA.

Conforme relatado anteriormente pela CoinDesk, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) rejeitou a última oferta dos irmãos em março de 2017, que procurou listar um ETF vinculado ao bitcoin na Bats BZX Exchange, citando o risco associado à negociação e incerteza regulatória.

Atualmente, a SEC ainda não deu luz verde a quaisquer ETFs relacionados ao bitcoin nas bolsas de valores. E em janeiro deste ano, várias empresas que propunham uma mudança de regra para a SEC também tinham retirado seus registros por exigência do regulador de valores mobiliários.

A patente ganha recentemente ocorre apenas um mês depois que a Winklevoss IP ganhou outra reivindicação de patente para fortalecer a segurança de transação de criptomoedas que poderia ser usada na exchange da Gemini.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.