Início Regulamentação G20 vai à Washington para continuar os debates sobre a regulamentação do...

G20 vai à Washington para continuar os debates sobre a regulamentação do mercado cripto

489
0

O G20, grupo das 20 maiores economias do mundo, iniciou este ano, os debates para a construção de um plano regulatório para o mercado de criptomoedas. O Criptomoedas Fácil, com apoio da exchange Braziliex, acompanhou de perto todas as discussões do grupo que geraram várias notícias positivas, entre elas, o reconhecimento dos agentes do estado sobre a importância das criptomoedas e do seu papel em revolucionar inúmeros procedimentos bancários.

O grupo frisou que a regulamentação não pode ser dura a ponto de impedir o desenvolvimento da tecnologia, mas que ela é necessária, não permitindo que as criptomoedas sejam utilizadas por agentes maliciosos. Conforme publicado pelo Criptomoedas Fácil, as primeiras propostas práticas de regulamentação serão apresentadas em uma nova reunião do grupo em Buenos Aires, em julho, na terceira reunião de ministros de finanças e presidentes de bancos centrais.

Agora, líderes econômicos globais se reunirão nos dias 19 e 20 de abril em Washington DC, Estados Unidos, para a Segunda Reunião do G20 de Ministros das Finanças e Governadores dos Bancos Centrais, onde definirão políticas específicas e continuarão a discutir os temas da agenda do encontro do mês passado em Buenos Aires. As propostas para regulamentação do mercado de criptomoedas deve dividir espaço novamente com outros temas da agenda global, como protecionismo e o possível impacto financeiro que a escalada de violência na Síria pode trazer ao mundo.

Realizada durante as Reuniões da Primavera do Grupo do FMI e do Banco Mundial, a reunião terá a participação de 55 delegações, que incluem 22 ministros das finanças, 18 governadores dos bancos centrais e 9 líderes de organizações internacionais. A reunião segue imediatamente a Terceira Reunião dos Deputados Financeiros do G20, realizada em 18 de abril. Sua agenda inclui o futuro do trabalho e os riscos para a economia global, incluindo vulnerabilidades financeiras.

Como uma das três prioridades da presidência argentina do G20 para 2018, os debates sobre o futuro do trabalho analisarão os efeitos atuais e potenciais das novas tecnologias no mercado de trabalho, crescimento e emprego, com foco particular na inclusão, justiça, e igualdade de gênero. O objetivo é alcançar um consenso para possibilitar o progresso de um documento de política pública que será divulgado em junho, onde também deve ser apresentado a primeira proposta prática de regulamentação do mercado de criptomoedas.

Haverá também uma sessão dedicada ao Compact with Africa (CWA), uma iniciativa lançada pela presidência alemã do G20 em 2017, para promover o investimento do setor privado na África.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!