Fundadores da Turcoin são acusados de fraude com esquema de pirâmide

Os fundadores da Turcoin, criptomoeda turca que foi apresentada como moeda digital alternativa nacional do país, estão sendo acusados de praticar um esquema ponzi (esquema de pirâmide) e fugirem com o dinheiro arrecadado dos investidores.

De acordo com uma publicação do Finance Magnates, a suspeita é que os fundadores tenham enganado cerca de 10 mil investidores por pelo menos 100 milhões de liras turcas (cerca de US$21 milhões), segundo a agência de notícais local Turkish Minute. Já o Ahval News calcula que o valor roubado é de 1 bilhão de liras turcas (US$212 milhões), tornando-se uma das maiores fraudes até hoje.

A moeda foi lançada pela empresa Hipper, com sede em Istambul, e iniciada por Muhammed Satıroğlu e Sadun Kaya em 2017, quando começaram uma enorme campanha de marketing para a promoção da moeda, organizando luxuosos eventos com muitas celebridades turcas. A notícia sobre a moeda explodiu quando a empresa entregou carros de luxo aos seus primeiros adeptos em outubro do ano passado.

“Alguns carros foram realmente doados e alguns deles estavam lá apenas para persuadir mais pessoas a aderirem ao sistema”, disse um dos primeiros adeptos ao diário turco Hürriyet .

O modelo de negócios da moeda começou a apresentar semelhança com esquemas clássicos de Ponzi, já que a empresa estava recompensando os investidores existentes que estavam trazendo novos participantes. A suspeita ao longo do tempo e a incerteza de seus negócios foi confirmada, já que a empresa parou de pagar bônus no início de junho.

Muhammed Satıroğlu, dono de 49% das ações da Hipper, acusa o sócio majoritário, que parou de atender telefonemas de seus parceiros de negócios:

“Eu era apenas um mediador. Nossa empresa Hipper nem sequer tem um único dólar no banco. Todo o dinheiro foi para a empresa de Sadun Kaya em Chipre”, disse à Hürriyet.

“Eu não fugi com o dinheiro. Eu devolverei todo o dinheiro aos membros se as autoridades desbloquearem minhas contas bancárias”, acrescentou Satıroğlu, que também se juntou às vítimas para registrar uma queixa criminal contra Kaya.

Um esquema Ponzi é uma sofisticada operação fraudulenta de investimento do tipo esquema em pirâmide que envolve o pagamento de rendimentos anormalmente altos (“lucros”) aos investidores, à custa do dinheiro pago pelos investidores que chegarem posteriormente, em vez da receita gerada por qualquer negócio real.

loading...
COMPARTILHAR
Jornalista, assessor de comunicação e escritor. Escreve também sobre cinema, séries, quadrinhos, já publicou dois livros independentes e tem buscado aprender mais sobre criptomoedas, o suficiente para poder compartilhar o conhecimento.