Início Notícias Exposição de “cripto-arte” espalha Bitcoins pela França

Exposição de “cripto-arte” espalha Bitcoins pela França

369
0
Exposição de

Para festejar esta data, diversas empresas ligadas ao ecossistema das criptomoedas, e até mesmo gigantes de luxo como a Hublot, estão anunciando iniciativas exclusivas para homenagear Nakamoto e o Bitcoin.

Na França, por exemplo, artistas organizaram uma exposição de artes, chamada Bitcoin Art (r) evolution, que conta com os artistas Andy Bauch, Coin Artist, Josephine Bellini, Nanu Berks, Mark Bern, Yosh, Pascal Boyart, Yom de Saint Phalle, Choq, Youl e Ilies Issiakhem. As obras podem ser adquiridas no local utilizando Bitcoin, Litecoin, Monero ou Ethereum.

Como revelou a agência de notícias CCN, o organizador do evento e artista francês Pascal Boyart está ansioso para impulsionar a iniciativa “Crypto Art” através da fusão do mundo da arte e das criptomoedas, reunindo artistas de todo o mundo. A exposição é projetada para mostrar o potencial das criptomoedas ilustrando os casos de uso viáveis ​​que a tecnologia blockchain oferece.

Os organizadores do evento também elaboraram uma “caça ao tesouro”, espalhando endereços com Bitcoins nas obras de arte e nos espaços próximos ao evento, basta encontrar a obra e onde esta o código, que na verdade é uma wallet contendo uma quantidade de satoshis, e realizar a transferência para a sua carteira.

Para aqueles que desejam comprar alguma das obras expostas, certificações de autenticidade serão fornecidas a todos os compradores e estes documentos serão registrados em blockchain para demonstrar como a imutável característica da cadeia de blocos pode ajudar a combater falsificações, um problema que afeta toda a indústria da arte.

Lorenzo Sconci, proprietário da Sconci Art Gallery, sediada em Dubai, e CEO da startup Art Wallet – um novo ecossistema baseado em blockchain que registra os dados de proveniência de obras-primas na cadeia e simboliza obras-primas para serem comercializadas – expressou sua opinião sobre o futuro, exposição e o movimento “Crypto Art”:

“Sem dúvida, o Bitcoin e a blockchain têm sido a maior revolução nos últimos 10 anos. Como as revoluções moldaram a expressão artística ao longo do tempo, não há dúvida de que as criptomoedas realizarão o mesmo. Esta exposição é uma iniciativa maravilhosa – se não fosse pela arte e suas várias formas, não possuiríamos o conhecimento que temos agora da história passada. Essa iniciativa será fundamental no movimento “Crypto Art”, pois traçará o início de como os artistas viveram, interpretaram e sintetizaram a próxima revolução blockchain.”

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!